Oracle aumenta oferta pelas ações da PeopleSoft

0
1

A Oracle Corporation anunciou ontem que elevou o valor de sua oferta de aquisição em dinheiro de todas as ações em circulação da PeopleSoft para US$ 26 por ação, totalizando cerca de US$ 9,4 bilhões. A nova oferta da Oracle representa aumento de 18,8% sobre o preço de fechamento da PeopleSoft no dia 3 de fevereiro de 2004, que foi de US$ 21,89.

A Oracle aguarda uma decisão sobre a aprovação de sua oferta de aquisição da companhia por parte do Departamento de Justiça dos EUA antes de 12 de março de 2004, e está prorrogando a oferta pública de compra de todas as ações ordinárias da PeopleSoft até a meia-noite do mesmo dia. A oferta estava prevista para expirar à meia-noite do dia 13 de fevereiro de 2004.

Jeff Henley, presidente do conselho administrativo e diretor financeiro da Oracle, declarou, “tendo em vista as perspectivas atuais da PeopleSoft, incluindo suas revisões para baixo das projeções de lucros no primeiro trimestre, acreditamos que nossa oferta apresente um valor bastante atraente aos acionistas”. Segundo o executivo, a Oracle permanece totalmente comprometida com a conclusão da negociação em condições que beneficiem os acionistas de ambas as empresas. “Nossa expectativa é de que essa transação irá resultar em uma substancial economia de custos já no primeiro ano, (excluindo a amortização de intangíveis) e envolva riscos mínimos de integração dos negócios.”

A Oracle já nomeou cinco candidatos independentes para o conselho diretor da PeopleSoft e fez aos acionistas a proposta de aumentar o número de membros do conselho, de oito para nove. Sexta-feira passada, a PeopleSoft agendou sua assembléia anual com os acionistas para o dia 25 de março de 2004, com data limite para voto em 10 de fevereiro de 2004. Como resultado da antecipação do cronograma, após 5 de fevereiro de 2004, os acionistas que fazem compras regulares de ações da PeopleSoft no mercado aberto não poderão votar com base nessas ações nesta assembléia.