Oracle reforça estratégia para setor financeiro

0
1


A Oracle reforçou sua estratégia para o setor financeiro. A área conta agora com Carlos Antonio Ferreira (Chester) como vice-presidente de Vendas para a América Latina, com foco no segmento. A missão é ampliar e diversificar a presença da empresa no setor. “Bancos, financeiras, cartões de crédito e seguradoras têm pela frente grandes desafios e vamos estar ao lado dessas instituições. Vamos mostrar ao mercado que nos propomos a atender a todas as demandas”, afirma o executivo, que lidera equipes na Cidade do México, em São Paulo e em Brasília e conta com mais de 16 anos de experiência no atendimento a grandes bancos brasileiros.

Segundo Chester, o setor financeiro conta hoje com ambientes de TI altamente heterogêneos, herdados de um longo processo de fusões e aquisições. Tradicionalmente, este segmento investe pesado em tecnologia da informação desde a década de 70, tendo, prioritariamente, desenvolvido soluções próprias. Essa particularidade pode se traduzir em vulnerabilidade, especialmente diante da complexidade implícita na gestão de ambientes e da administração da segurança de dados e da informação nesse contexto. Ele cita o dado divulgado pela Febraban (Federação Brasileira de Bancos) sobre as fraudes eletrônicas no sistema financeiro brasileiro, que corresponderam a R$ 300 milhões só em 2005. “Enfrentar essa questão é crítico para um setor especialmente visado”, frisa.

Outra meta do setor, lembra o executivo, é redesenhar e documentar os processos, para otimizá-los e, com isso, melhorar a gestão das instituições. “A chave para esse desafio está na orquestração dos processos, condição prévia para se adotar em suas plataformas arquiteturas de TI orientadas a serviço (SOA), as quais permitem uma flexibilidade muito maior aos sistemas”, explica.

O executivo tem com passagens por empresas como T-Systems do Brasil, EMC Computer Systems do Brasil, Diebold-Procomp e IBM Brasil. É formado em Ciência da Computação pela Universidade de São Paulo (USP) e pelo Curso de Extensão em Administração para Graduados (CEAG) da Fundação Getúlio Vargas.