Pantech amplia atendimento

0
2


A Pantech Brasil, fabricante de telefones celulares da Coréia do Sul, anuncia os planos de expansão de serviços em 2006. A rede de Assistência Técnica passa a contar com mais de 300 pontos de atendimento no país, entre autorizadas e postos de coleta. “Nas localidades em que não houver autorizadas próximas, o cliente terá onde deixar o aparelho para reparos, sem ter que fazer uma viagem. Nós cuidamos da logística. O importante é ter cobertura em praticamente todo o país, com conveniência para os clientes”, explica João da Matta, gerente de serviços da Pantech Brasil.

Além dos investimentos em qualificação dos parceiros e agilização dos processos, a Pantech Brasil também adotou uma série de ações para tornar o callcenter mais efetivo. As chamadas são registradas pelos operadores e, assim que se identifica que o assunto é relacionado à assistência técnica, o cliente é encaminhado para um funcionário de back office, que cuida da interação com a autorizada e acompanha o problema até a solução completa.

Para os clientes que querem informações simples e um atendimento rápido, a URA (unidade de resposta audível) passa a incluir serviços como indicação de endereço de oficinas autorizadas mais próximas, basta que o cliente tenha o número do seu CEP em mãos. Também será incorporada a facilidade de Reconhecimento de Voz, uma forma mais confortável de seleção no menu de serviços, que dispensa a discagem dos comandos.

João da Matta destaca que a área de serviços da Pantech não fica restrita a reparos, mas também atua na venda e orientações ao consumidor em relação a acessórios que proporcionem uma utilização mais produtiva e agradável dos recursos dos celulares. Ele informa ainda que, com os planos de fabricação no Brasil e o aumento de acordos com as operadoras, também foram adotados procedimentos que agilizam o treinamento nas assistências técnicas autorizadas e do call center nos casos de vendas de grandes volumes de determinados modelos.