Para aonde vão os negócios

0
1



Com o intuito de discutir o atual cenário econômico e as perspectivas, a Spread, empresa brasileira especializada na implementação de soluções de TI e Telecom, realizou hoje (12/12), o Bússola dos Negócios 2009, em São Paulo. O evento contou com a palestra “A Influência do Cenário Econômico Mundial e os Negócios no Brasil”, apresentada por Roberto Troster, economista e sócio da Integral-Trust, com os comentários de Alcides Tápias,  ex-Ministro do Desenvolvimento, Horácio Lafer Piva, ex-presidente da Fiesp, Cassius Ricardo Fogagnolo Buda, presidente do Grupo Spread, e de membros do conselho diretivo da empresa.

 

Troster explicou os fatores da crise e disse que o súbito estancamento do crédito produziu uma queda nos preços das principais matérias-primas exportadas pelo Brasil e afetou a taxa de câmbio quando reduziu as linhas de comércio. “Além disso, restringiu a oferta de financiamento doméstico, com reflexos mais significativos naqueles setores que mais dependem do crédito, como bens duráveis e construção civil”, disse.

 

Para haver uma melhora em 2009, Troster comentou que é preciso cortar custos, mapear bem onde se gasta e perceber o que gera e não gera valor. “Essas ações serão de suma importância tanto para as pessoas, quanto para a economia”, afirmou. Em relação à política, o economista afirmou a necessidade de um diagnóstico abrangente para traçar uma linha a ser seguida pelo governo. “Temos que nos apressar a mudar o mundo, antes que o mundo mude a nós”, concluiu.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorGestor: que responsabilidade!
Próximo artigoMonitoria e feedback