Participação da sociedade

0
3



A Brisa participou da criação dos Espaços Virtuais de Participação da Sociedade, que utiliza ferramentas web 2.0 para o Governo de Minas Gerais. A ação, que tem à frente a FRAminas, faz parte do projeto estruturador de Governo Eletrônico (e-Gov) de Minas Gerais, com o objetivo de aprimorar a governança eletrônica e aprofundar as relações entre o governo e a sociedade. A ênfase está na abertura de novos espaços de interlocução e participação.

 

A Fundação Renato Azeredo (FRAminas), entidade vinculada à Universidade Estadual de Minas Gerais, contratou a Brisa como parceira capacitada para apoiá-la no projeto. A parceria previa o apoio consultivo para a concepção de um ambiente virtual de participação da população e da sociedade organizada em áreas relevantes da administração pública, formatando redes de participação voluntária na Internet.

 

“Trata-se de um projeto inovador que vai utilizar as ferramentas da chamada Web 2.0, os quais, gradativamente, vêm se popularizando. Essas ferramentas facilitam o desenvolvimento das redes sociais que podem se articular em torno de interesses comuns e utilizam tecnologia multimídia na Internet e de mensagens eletrônicas em telefones celulares”, explica Paulo Miranda, diretor de negócios da Brisa.

 

No projeto, coube a Brisa apresentar a proposição do modelo de relacionamento governo-sociedade, necessário para a criação dos diversos espaços de participação democrática. Este modelo deve permitir a participação plena, desde a entrada do cidadão em uma rede até os processos de mediação e deliberação. Deve ainda facilitar as diferentes ações de participação, por exemplo, a criação coletiva ou a submissão de proposições ou consultas populares. A empresa também respondeu pela elaboração do conjunto de requisitos técnicos para a implementação e execução do modelo de relacionamento proposto.