PeopleSoft comemora crescimento de 12% este ano

0
2

O diretor geral da filial brasileira, o executivo Paulo Bonucci, anunciou hoje, durante almoço com a Imprensa, que a PeopleSoft deve fechar o ano com crescimento de 12% em relação ao desempenho do ano passado. Apesar de anunciar que a empresa ganhou 12 novos clientes este ano, Bonucci brincou com os jornalistas que, como vão trabalhar até o dia 31 de dezembro, espera incluir na lista mais três clientes. Com estes novos clientes e a ampliação de negócios com a base instalada, a filial vai fechar o ano mantendo sua participação de 1,5% no faturamento global da companhia.

Bonucci destacou, como grande feito este ano, o ingresso definitivo no middle market. No início do ano a empresa criou uma diretoria de vendas indireta e os resultado, de acordo com ele, foram positivos, conquistando clientes como Grupo Tejofran, laticínios Mococa e construtora Gafisa. Foram ao todo sete clientes no mercado de middle market.

No mercado de grandes operações, a PeopleSoft consolidou projetos como o da CST (Companhia Siderúrgica Tubarão) e da BR Distribuidora. O primeiro envolve toda sua suíte de produtos, so Supply Chain ao CRM.

Este ano a empresa também tornou-se “hub” para a América Latina e o Global Support Center PeopleSoft, situado em São Paulo, foi certificado Support Center Practices, um dos mais importantes programas de certificação do mundo. Bonucci comemora o fato da empresa, com este suporte, ter sido a primeira empresa da América Latina a receber esse título. Ele chegou a brincar que a empresa investe nesta área para conseguir entregar o que vende. “Não podemos brincar com nossas referências”, diz.