Pervasive BI, afinal o que é isto?

0
2



Autora: Vivian Graf


À primeira vista este nome assusta a todos. Estará ocorrendo algum tipo de invasão? Tem fins inescrupulosos? É um BI maléfico? Perderei a confidencialidade das informações? Não! Não é nada do que você está pensando!


Pervasive BI é uma tendência, uma evolução natural da aplicação de business intelligence nas corporações. É um movimento vertical (top-down) e horizontal (crossdepartments), seguindo a sua aplicação desde o nível estratégico até o nível operacional. Este movimento é interdepartamental porque todas as áreas das empresas – marketing, vendas, finanças, planejamento, produção, etc – tornam-se alinhadas por métricas consensuadas entre elas, compartilhando assim da mesma visão e objetivos.


Várias empresas estão implementando Pervasive BI, com aplicações que acessam dados em tempo real, para ações de CRM e campanhas de marketing, disparadas no instante em que as equipes de atendimento ou de vendas estão interagindo com o cliente. Além disto, análises, relatórios e dashboards podem estar disponíveis em qualquer formato ou em outros dispositivos como POS, smartphones, ATMs, etc. A aplicação do Pervasive BI é potencializada quando aqueles que estão na linha de frente, em contato com o cliente, conseguem em alguns instantes gerar novas oportunidades de vendas, upsell e cross-sell.


Tenha esta tendência recebido o nome “pervasive” ou tivesse ela recebido qualquer outro nome, o fato é que este movimento demonstra a expansão da importância do BI nas empresas. Esta expansão tem como objetivo integrar e alinhar todos os processos, disponibilizando informações relevantes a todos os usuários que as necessitam de forma confiável para a tomada de decisão. A maior tendência do BI, então, é a de providenciar informações específicas aos profissionais quando eles as precisarem, e que sejam relevantes para aquilo que eles têm de realizar, e que estas informações os guiem assertivamente em direção às ações que terão que tomar.


Para saber se a sua empresa está caminhando nesta direção ou não, basta analisar o grau de abrangência do BI em relação a todos os stakeholders. Outra forma de avaliar se o projeto de BI está se tornando “pervasive” é se os dashboards estão entregando informações de melhor qualidade e em tempo real a uma gama maior de usuários, e se estas informações são específicas e pertinentes ao bom desempenho da função de cada profissional.


Dashboards e scorecards são utilizados em um projeto de Pervasive BI para que todos os usuários vejam as mesmas informações da forma mais prática para otimizar e potencializar o exercício de sua função. Para ser pervasive, dashboards ou qualquer outra interface gráfica tem de ser intuitiva, de fácil criação e manuseio, pelo próprio usuário, proporcionando-lhe a capacidade de aprofundar-se em nível de detalhes da operação ( funções de drilldown), simplificando e agilizando a execução de suas tarefas, com o objetivo de potencializar a sua habilidade de monitorar e disparar ações de correção.


Pervasive BI, em resumo, é simplesmente uma maneira de conceituar um movimento em evolução, já sendo aplicado por empresas que conseguiram enxergar que a democratização do BI é uma forma eficaz de utilizá-lo como um veículo de integração entre estratégia, processos e pessoas, alinhados em busca de um mesmo objetivo.


Vivian Graf é gerente de marketing da MicroStrategy.