Pesquisa destaca mau uso da internet nas empresas

0
1

De acordo com estudo realizado pela Websense/Harris Interactive, companhia de software de gerenciamento de acesso à internet, o mau uso da web no ambiente de trabalho custa às empresas brasileiras mais de R$ 3 bilhões de reais por ano em termos de produtividade. Devido ao contínuo crescimento do número de usuários com acesso à rede a partir do trabalho e aos avanços, em termos de atrativos e interatividade, os funcionários têm gastado mais tempo navegando por conteúdo de interesse pessoal.

Segundo a pesquisa os funcionários admitem gastar 1,5 hora por semana com visitas a sites de conteúdo não relacionado ao trabalho. Porém, os gerentes de recursos humanos reportaram que são gastas cerca de 8,3 horas por semana com acesso a sites que não têm relação com a atividade de trabalho. “Neste momento de crise, o que as companhias mais precisam é aumentar a produção. No entanto, em vez de concentrar esforços em maximizar orçamentos cada vez mais limitados e os fluxos produtivos, muitos funcionários estão comercializando ações, fazendo compras, jogando ou ouvindo rádio”, afirma Fernando Fontão, engenheiro de sistema Websense para a América Latina.

Com a tendência mundial de diminuição da carga horária de trabalho semanal, que visa minorar os efeitos da crise do desemprego, os desperdícios com a navegação improdutiva podem levar as empresas a tomar iniciativas para tentar conter estes gastos como coibir a navegação pessoal ou até mesmo tirar completamente o acesso do trabalhador à web.