Pesquisa revela impacto sobre segurança

0
2



A Check Point Software Technologies, empresa focada em segurança da internet, anuncia os resultados de uma pesquisa global sobre segurança que aponta que os administradores de TI prevêem um aumento expressivo no número de usuários de suas redes em 2011, sendo que 54% dos entrevistados apontam a expansão específica no volume usuários remotos.


Dentro deste contexto, a pesquisa demonstra que, com o crescimento das empresas, os administradores de TI devem enfrentar desafios cada vez maiores de segurança, principalmente com a perspectiva de ampliação do trânsito de dados pelas redes móveis e ambientes de TI mais complexos. 


Diante deste cenário, as maiores preocupações são: perda de dados, perda ou do roubo de equipamentos, vazamento de informações por meio da conexão de funcionários a redes sem fio pouco confiáveis, e ainda, gerenciamento dos usuários conectados.


“Os computadores móveis e o consumo de TI não são mais uma tendência, mas uma realidade para a maioria das empresas”, informa Ben Khoushy, vice-presidente de produtos finais da Check Point Software Technologies, ressaltando: “Muitas empresas, no entanto, ainda não criaram um plano adequado para garantir o uso seguro de laptops e smartphones no local de trabalho. Essas vulnerabilidades precisam de uma abordagem que combina a tecnologia e conscientização do usuário, para aumentar os níveis de proteção dos dados e das redes”.


De acordo com a pesquisa, cerca de 64% das empresas teme que o aumento de usuários remotos leve à exposição de dados sensíveis. Apesar da preocupação, 70% dos participantes afirmam não utilizar a criptografia de dados para proteger laptops corporativos, e 87% das empresas não criptografam dispositivos de USB ou mídia portátil.


O reflexo da ausência de uma política específica poderia ser o aumento da vulnerabilidade das redes no acesso por meio dos dispositivos perdidos ou roubados.