Pessoas inteligentes também cometem erros

0
1


Nem tudo na vida está sob seu controle, mas você pode controlar a maneira de pensar, e isso faz muita diferença. Grosso modo, é essa a tese da Terapia Cognitiva. Em “As 10 bobagens que as pessoas inteligentes cometem e como evitá-las”, o Dr. Arthur Freeman, especialista da área, e a jornalista Rose DeWolf mostram por que tantas vezes pessoas inteligentes deixam de resolver coisas simples e criam problemas desnecessários.

Para o leitor, o desafio é fazer um pequeno exercício de humildade e autoconhecimento, assumir o controle das decisões e tornar-se mais senhor de si e mais apto a evitar que o estresse de cada dia desencadeie complicações cada vez maiores e que meia dúzia de bobagens arruínem oportunidades. Nada disso garante uma vida sem problemas, mas certamente o ajudará a evitar os que podem ser evitados e a enfrentar os inevitáveis, com menos desgaste e melhores resultados.

No início do livro, o autor apresenta um teste com 50 perguntas, para que o leitor descubra quais os erros bobos que costuma cometer que lhe causam mais problemas. Em seguida, cada capítulo aborda uma das 10 bobagens e explica os efeitos sobre as decisões que tomamos, nosso comportamento e nossos sentimentos a respeito de nós mesmos e dos outros.

Freeman propõe, ainda, 25 técnicas terapêuticas – 18 cognitivas e sete comportamentais – com o intuito de minimizar os estragos causados pelos erros mentais, como: questionamento das evidências; desenvolvimento de alternativas de pensamento, de sentimento e de ação; uso das adversidades a seu favor; auto-distração e até super-exagero (cognitivas); divisão de objetivos em etapas menores; planejamento de experiências de aprimoramento; prazer e relaxamento (comportamentais).

Ficha Técnica
Título: As 10 bobagens que as pessoas inteligentes cometem e como evitá-las
Autores: Arthur Freeman e RoseDeWolf
Editora: Guarda-chuva
Tradução: Cristiana de Assis Serra
Páginas: 312
Preço: R$ 30,00