Preparação para o m-commerce

0
7
O Mobile Commerce vem crescendo rapidamente no Brasil. As compras por dispositivos móveis representaram 4,8% das vendas online feitas em dezembro 2013, quase o dobro do registrado em janeiro do mesmo ano, 2,5%, segundo o E-bit. De olho nisso, a Ingresse lança aplicativo para compra de ingresso via dispositivos móveis. O app gratuito, disponível para Android e iOS, já foi instalado em mais de 6 mil celulares. “Os smartphones estão cada vez mais presentes em atividade do dia a dia, entre elas as compras. Essa é uma tendência que se observa em todo o mundo e se fortalece no Brasil”, explica Marcelo Bissuh, sócio da Ingresse e um dos responsáveis pelo app. Ao desenvolver o aplicativo, a Ingresse se preocupou em oferecer uma plataforma integrada a redes sociais, como Twitter e Facebook, e a serviços de mensagens, como WhatsApp. 
O app exibe eventos cadastrados na plataforma da empresa e também funciona como uma agenda cultural, indicando aos usuários as atrações que acontecem nas proximidades. Assim, é possível ter acesso à descrição do evento, localização por meio de mapa interativo e lista de pessoas confirmadas. Além disso, a ferramenta funciona como uma espécie de carteira virtual, que armazena os ingressos comprados no próprio app, assim como as entradas adquiridas no site. Os tíquetes ficam salvos no aplicativo e podem ser validados diretamente do smartphone ou tablet, mesmo sem acesso à internet. Basta aproximar a tela do celular à máquina que faz a leitura dos códigos para liberar a entrada, sem precisar do ingresso físico.
“Não faria sentido ter a vantagem de comprar por celular e, depois, pegar uma fila para trocar os ingressos”, enfatiza Marcelo. “O que vemos é que o m-commerce não é apenas uma extensão do site para o celular: para dar certo ele precisa oferecer uma série de serviços que facilite, de fato, a vida do consumidor.”