Previsão de investimentos de TI no setor financeiro

0
1

O estudo “Brazil IT Opportunity – Finance 2004” realizado pela IDC verificou que segurança é apontada como principal solução para se investir em 2004, independentemente da natureza e porte da instituição financeira. Outra prioridade dos bancos está relacionada à simplificação e padronização de suas transações financeiras, visando comodidade ao cliente e redução de custos. Espera-se ainda pouca redução ou adiamento dos projetos destas instituições, ou seja, em 2004, os bancos continuarão a aplicar na centralização de seus sistemas, desde o call center, banco de dados, até os servidores de plataforma baixa.
Entre as pequenas instituições deste setor, as iniciativas ligadas à segurança envolvem projetos que oferecem serviços via internet e maior disponibilidade de informações sobre a instituição e seus serviços aos clientes. Já nas empresas financeiras de maior porte, os aceleradores dos investimentos em segurança são e-Commerce, BI e CRM.
Segundo Ivair Rodrigues, gerente de pesquisas de TI da IDC Brasil e responsável pelo estudo, “o maior desafio para os bancos em 2004 é administrar produtos e clientes segmentados, o que exigirá muito controle sobre seus negócios, carteiras de clientes e operações. Serão necessárias mais agilidade nos processos e uma infra-estrutura confiável para captar e alimentar seus sistemas de informação, de modo a gerir e conceber o negócio de maneira dinâmica”.
Pelo estudo, a IDC Brasil verificou também que empresas de previdência privada não ligadas aos grandes bancos são as melhores oportunidades para os fornecedores, na medida que estas ainda precisam investir em infra-estrutura. Empresas de seguros possuem um alto interesse em soluções de portais corporativos e no acesso por parte de seus funcionários e corretores externos a informações relacionadas ao andamento das vendas, fechamento de pedidos, da própria empresa e seu mercado, além de aspectos como auto-atendimento em questões relacionadas a RH.
Para o futuro, e considerando a preocupação geral de redução de custos por parte das empresas brasileiras, a IDC Brasil constatou que a negociação com fornecedores deverá ser a principal medida implantada. Ademais, os usuários acham que podem conseguir melhores preços em 2004 por meio do conceito on demand.