Procwork conquista CMM nível 2

0
11


A Fábrica de Software da unidade de negócios do Grupo Procwork, empresa de serviços de consultoria e integração de soluções de tecnologia da informação (TI), recebeu o nível de maturidade 2 do CMM (Capability Maturity Model), padrão internacional que atesta a maturidade e a previsibilidade da qualidade nos processos de gestão de projetos para o desenvolvimento de software. O programa de qualidade foi conduzido pela Integrated System Diagnostics Brasil (ISD Brasil), empresa credenciada junto ao SEI (Software Engineering Institute), da Carnegie Mellon University, que desenvolveu o modelo.

O CMM aliado à certificação ISO 9001 que a companhia já detém, atesta para o mercado a capacidade da Procwork em desenvolver softwares e oferecer qualidade na prestação de serviços, como treinamento e consultoria especializada. “Os dois modelos, em conjunto, aumentam nossa qualificação e representam um diferencial competitivo no mercado, que é a garantia adicional aos clientes no que tange o uso contínuo do CMM, já que as auditorias periódicas da ISO checam as práticas do CMM na organização”, comenta Ricardo Recchi, diretor da unidade de negócios Procwork Tecnologia.

“Essa é uma condição primordial para estabelecer nossa atuação internacional por meio da estratégia de offshore do Grupo”, resume Recchi. O próximo passo é buscar o nível 3 da certificação, que é mais uma etapa do conceito de “Qualidade Total” da companhia.