Quem disse, berenice? lança loja virtual

0
1



Agora a linha de cosméticos, quem disse, berenice?  passa a vender seus produtos  também na web  para todo o território nacional.  A marca se propõe a trazer virtualmente uma experiência de compra parecida com as das lojas físicas. O e-commerce conta com uma navegação intuitiva, repleta de fotos  dos produtos e suas texturas permitindo à consumidora a sensação de ter o produto em suas mãos. Ao escolher um determinado item, o site também fornece dicas de outros produtos que combinam com aquele escolhido. Tudo para que a compra fique mais fácil, intuitiva e lúdica.


Assim como nas lojas físicas, as consumidoras encontraram os 500 produtos do portfólio nas categorias de pele, olhos, boca, unhas, perfumes, acessórios e kits presente, praticados com os mesmos preços.  Para quem gosta das músicas que tocam nas lojas da marca, no site as consumidoras poderão aproveitar a rádio quem disse, berenice? com seis sintonias.


“Estamos muito felizes em lançar o nosso site. Trabalhamos muito para garantir que as nossas consumidoras tenham uma experiência de compra que reflita o nosso posicionamento, que seja divertida, fácil e intuitiva. O lançamento desse novo canal de vendas para a marca levará todos os nossos 500 produtos à casa das mais de 550 mil fãs de quem disse, berenice? que vivem fora da Grande São Paulo, chegando em lugares onde a marca ainda não tem loja física e oferecendo conveniência para todos”, diz Sérgio Eleutério, gerente de comunicação e canais digitais de quem disse, berenice?.


Além do site, outra novidade da marca é o programa de fidelidade. A cada  R$ 1 em compras, a consumidora ganha 1 ponto, e com 20 pontos tem R$ 1,00 de crédito em compras. Os pontos são cumulativos por 12 meses e valem tanto para compras feitas nas lojas físicas de qualquer região do Brasil como no canal e-commerce.


“Os pontos do programa de fidelidade valem como forma de pagamento em todas as compras. A partir de 100 pontos acumulados, por exemplo, já é possível usá-los como pagamento, seja em sua totalidade ou pagar apenas uma parte. O restante poderá ser liquidado com outra forma de pagamento que desejar”, conclui Eleutério.