Quente ou frio?

0
2
Para medir a concentração de clientes nas lojas potencializando as vendas, novas tecnologias estão disponíveis no mercado para ajudar os varejistas. Uma delas é a solução “Hot Zone”, software que possibilita a análise da circulação de pessoas em determinada área da loja com diferenciação gradual da maior (“quente”) para a menor (“fria”), além de tempo médio de permanência nas áreas monitoradas.
A Virtual Gate, que oferece soluções para que o varejista potencialize suas vendas, explica que o software permite ao varejista mensurar por onde os clientes circulam, identificando, dessa forma, a necessidade de alteração de layout e ainda um melhor aproveitamento de espaço da loja.
Como explica a diretora geral da empresa, Heloísa Cranchi, com a identificação das “áreas quentes” da loja é possível estudar de forma sistemática o comportamento do consumidor no ponto de venda, oferecendo a ele as melhores opções de compra. “A solução traz novas visões do negócio que mostram ao varejista um retrato fiel do seu estabelecimento, com indicadores que permitem alocar produtos que precisem de giro nas melhores áreas da loja, ou ainda negociar com fornecedores as áreas que comprovadamente atraem mais clientes”, diz a executiva.
Com o Hot Zone o varejista possui informações preciosas do comportamento dos clientes dentro da loja, que devem ser usadas para aumentar o faturamento. Com uma análise especializada das informações apuradas pelos sistemas da Virtual Gate é possível definir estratégias de crescimento de acordo com o fluxo de pessoas no ponto de venda. “Por exemplo, é possível entender quais são as linhas de produtos que precisam de ações promocionais para atrair os consumidores”, aponta a executiva.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorMais agilidade, menos perdas
Próximo artigoCrédito empresarial decai