Rede Plaza melhora controle dos negócios

0
0


A Rede Plaza, que administra os shoppings Paulista, West Plaza e Pátio Higienópolis, contratou a IFS do Brasil para o desenvolvimento de um novo componente do IFS Applications para a gestão de contratos e faturamento. O aplicativo da IFS já administra os processos da rede há seis anos por meio dos módulos de Manutenção, Financeiro e Distribuição. Baseado nas práticas de mercado, em que cada contrato de aluguel é atrelado a inúmeras variáveis, tais como tipo de atividade e percentual de vendas, o módulo irá gerar o controle do que foi acordado com cada um dos mil lojistas da rede.

“Atualmente utilizamos um sistema de contrato e faturamento específico, que é tradicional neste setor. Porém, queremos obter uma evolução tecnológica que se estende até a área de receita da empresa da companhia e não apenas para o Back Office. Mesmo com uma possível integração, estaríamos convivendo com duas plataformas e um nível de flexibilidade bem menor do que iremos atingir com essa nova solução”, comenta Renato Valeriano, gerente de TI da Rede Plaza.

O executivo ainda completa que não quer limitar o controle da rede, ficando no mesmo cenário que estava em 1999 quando ainda não utilizava a tecnologia da IFS, ou seja, período em que a gestão era realizada com sistemas que não se falavam entre si. O componente que está sendo desenvolvido atenderá tanto à gestão de contratos, quanto faturamento e contas a receber.

Outro investimento que a Rede Plaza está fazendo é o upgrade do aplicativo IFS. A empresa decidiu atualizar o ERP devido à maturidade do uso da ferramenta pelos usuários. “Durante todo o período em que utilizamos o IFS Applications, a Rede Plaza passou por uma mudança cultural muito grande, pois os usuários tinham uma visão diferente daquela que decidimos adotar e as informações eram isoladas”, resume o gerente de TI. Valeriano afirma que com o passar do tempo, todos perceberam que era preciso utilizar melhor a solução. Hoje a empresa está migrando para a consolidação dos processos que estão utilizando, além de incluir as funcionalidades que garantem o work flow nos processos de compra, a gestão de manutenção, o uso de indicadores por meio do Business Intelligence e o acesso remoto da solução pela Web.