Rede TV! utiliza solução Intelig para voz, dados e vídeo

0
4

A emissora de TV optou pela Intelig para realizar boa parte de suas transmissões de voz, dados e vídeo. A operadora desenvolveu uma solução baseada em redes VPN IP com MPLS, que está em operando desde outubro do ano passado. A rede tem pontos no Rio de Janeiro, Distrito Federal, Ceará e São Paulo. Além do tráfego de dados e voz da empresa, a rede também faz a transmissão de vídeo off line entre as filiadas da Rede TV! e a central de produção em São Paulo. Nesse caso, a rede VPN IP da Intelig substituiu o uso de satélites da Embratel, gerando uma economia de quase R$ 50 mil mensais para a Rede TV!.

De acordo com Ulisses Campos, diretor de Marketing da Intelig, as VPNs com protocolo MPLS garantem o nível de serviço necessário para a transmissão de imagens. “A tecnologia MPLS oferece ao cliente mais flexibilidade, já que pode ampliar sua rede de forma simples e rápida, com total segurança e privacidade dos dados transmitidos. Além disso, a redução de custos para o cliente é significativa e a qualidade permanece a mesma”, explica o executivo.

Em 2002, a Rede TV! decidiu utilizar uma tecnologia mais avançada, migrando para solução VPN IP da Intelig. Segundo Ilton Casarotti Veiga, diretor de Tecnologia da Rede TV!, a Intelig foi o provedor escolhido porque possui uma rede VPN IP com equipamentos de última geração e com alto grau de eficiência operacional. “Hoje é realidade na RedeTV! um projeto desenvolvido há um ano para eliminação de fitas magnéticas na captação, edição e exibição de vídeos. Para isto, investimos na criação de uma rede de computadores usando equipamentos de última geração com capacidade de armazenamento de 1200 horas utilizando fibra óptica como meio de transporte”, conta o executivo.

Para complementar o projeto, a RedeTV! precisava interconectar suas filiais situadas em vários estados. E esse projeto permitiu à RedeTV! economizar 60% do montante gasto com a transferência de vídeos por satélite e também em tempo, porque o canal VPN IP funciona em tempo integral. Hoje uma matéria pode ser editada em uma das filiais e em poucos minutos ela está pronta para entrar em nossa programação.