Clique e visite a landing do Congresso ClienteSA 2022

O canal para quem respira cliente.

Redes IP tem novo aliado contra hackers

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin

Uma nova categoria de roteadores, praticamente imune a ataques de hackers, chega no mercado. Trata-se do Cisco CRS-1 (Carrier Routing System), da empresa californiana (EUA) Cisco Systems, que é desenvolvido para proporcionar aos provedores de serviços de telecomunicações a maior capacidade de transmissão de dados disponível atualmente no mercado, com até 92 terabits por segundo.

“O Cisco CRS-1 é o resultado da aliança da Cisco com nossos clientes provedores de serviço (empresas telefônicas e de telecomunicações) para redefinir a maneira como constroem as redes IP (Protocolo de Internet) de próxima geração, para a entrega de aplicativos de dados, voz e vídeo”, diz Mike Volpi, vice-presidente sênior da Cisco.

O novo sistema permitirá às empresas de telecomunicações oferecer serviços de alta demanda em banda larga, como TV interativa, jogos e aplicativos de dados de alta velocidade, indispensáveis nas organizações modernas. Segundo Volpi, por serem rentáveis, os provedores de serviço estão se voltando para a convergência das redes e serviços, reduzindo custos de propriedade e adicionando novos serviços geradores de receita. “O Cisco CRS – 1 fixa novos padrões na indústria de telecomunicações em matéria de confiabilidade, flexibilidade de serviços IP e escalabilidade, que permitirá maior eficiência a menores custos, uma vez que oferece um novo conjunto de serviços multimídia a seus clientes corporativos e residenciais”, diz.

Para Kathy Walter, vice-presidente executiva de serviços em rede da Sprint, a empresa que ele representa, especialista em transmissão de dados e voz, trabalha continuamente para que sua rede possa satisfazer as necessidades crescentes por serviços e capacidade. “Esta é a razão pela qual nos interessamos em conhecer as versões iniciais do projeto do Cisco CRS – 1. Sua flexibilidade, escalabilidade e desenho modular nos garantiu a simplificação da administração da rede, com um crescimento efetivo baseado nas necessidades da própria rede”, comenta.

Operação contínua do sistema O Cisco CRS -1 oferece uma operação contínua do sistema, permitindo assim sua manutenção e atualização sem interrupções no serviço. Essa capacidade única de tolerância a falhas obtém-se graças ao Software
Cisco IOS XR, o único sistema operacional de automanutenção para transportadores de infra-estruturas múltiplas de até 92 Tbps.

Seu sistema operacional baseado na tecnologia microkernel e memória protegida, permite o processamento e a atualizações in service, já que os planos de controle, dados e serviços encontram-se separados. Esse desenho modular assegura o isolamento de falhas e a recuperação automática das mesmas, de tal maneira que os processos podem iniciar, parar ou atualizarem-se, sem a necessidade de intervenção humana.

Flexibilidade avançada de serviços O Cisco CRS- 1 é construído com uma arquitetura única de separação de
serviços – o desenho Cisco Intelligent ServiceFlex – o qual separa o tráfego e a operação da rede por cliente ou por serviço dentro do sistema, garantindo às operadoras adaptarem-se rapidamente às necessidades variáveis ,acelerando a entrega de serviços. Ao combinar o Cisco Silicon Packet Processor (SPP), o ASIC de 40- Gbps mais sofisticado do mundo e o software Cisco IOS XR. Com uma completa separação de serviços e flexibilidade na funcionalidade da linha, o Cisco CRS- 1 permite às operadoras consolidarem múltiplas redes em uma infra-estrutura segura e entregar serviços de rede convergentes.

Longevidade ampliada do sistema O Cisco CRS- 1 é um sistema não bloqueável, que escala desde 1.2 a 92 Tbps. O sistema é o primeiro da indústria com a interface IP OC- 768c/STM-256c e suporta até 1152 linhas de 40-Gbps. Os processos de
sistema, tais como Border Gateway Protocol, BGP e Multiprotocol Label Switching (MPLS) podem também ser distribuídos completamente através do sistema para que se tenha escalabilidade e eficiência máxima. Seu sistema de escalabilidade reduz o custo de propriedade ao simplificar as redes atuais, ao mesmo tempo que poupa investimentos em equipamentos.Durante a apresentação do produto, efetuada hoje no Museu de História da Computação, em Mountain View, Califórnia, MCI, utilizando sistemas CRS-1, demonstrou-se a transmissão IP mais rápida entre duas cidades através de um backbone IP de 40-Gbps.

O Cisco CRS-1 complementa o atual portfólio de roteadores Cisco que suportam as maiores redes, tanto de carriers, como de empresas de todo o mundo. O novo sistema de routing é o resultado de uma história de inovações de mais de 20 anos em routing, por meio do foco que a Cisco mantém em programas de pesquisa e desenvolvimento.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima