Redes Sociais e os sites corporativos

0
1



Autor: Ricardo Florêncio
 
Com o crescimento das redes sociais, as empresas vêm investindo cada vez mais na sua utilização em detrimento da manutenção e continuação de seu site corporativo. Mas, será que com o ‘boom’ das mídias sociais os gestores têm se preocupado em atualizar também o site corporativo de sua companhia?


É preciso se atentar a isso. Por mais que uma rede social ajude na divulgação de uma empresa e de seus serviços/produtos, elas ainda não comportam todas as necessidades de uma marca. O site corporativo ocupa o lugar de fachada da empresa na internet. É o lugar onde o cliente pode conhecer o que é a empresa. Por isso, em tempo de redes sociais, é imprescindível que o site corporativo seja o carro chefe da companhia.


Com a utilização dos buscadores, o site deixou de ser uma ferramenta complementar para estratégia comercial e passou a ser uma ferramenta direta de venda. Um site bem estruturado e com boas técnicas de SEO (Search Engine Optimization), pode ter uma relevância muito grande e até maior que a utilização das redes sociais. Isto se aplica principalmente ao aumento da base de clientes.

 
Normalmente as empresas e pessoas físicas buscam produtos e serviços na internet, desta maneira se o site for exibido nas primeiras posições, sua chance de sucesso é grande. Já as redes sociais vão permitir que grande parte dos acessos sejam realizados por pessoas que já conhecem sua empresa.

 

Desta maneira é importante que as empresas adotem uma estratégia casada envolvendo o tratamento do conteúdo de seu site e também a utilização de redes sociais. Com isto, tanto a sua base de clientes como de novos clientes terão acesso as suas informações e poderão aumentar seu volume de negócios.
 
 
Ricardo Florêncio é diretor da Datto