Rodosol adquire solução de BI

0
15


A Rodosol, empresa capixaba responsável até 2023 pela concessão do Sistema Rodovia do Sol, no Espírito Santo, acaba de adquirir um pacote de softwares da MicroStrategy, fornecedora de sistemas de Business Intelligence (BI). A plataforma de BI é um complemento à solução orçamentária da BISS (Business Intelligence Soluções e Serviços), parceira da MicroStrategy no Espírito Santo, responsável também pela implementação do projeto. As aplicações atenderão a área de controladoria nas atividades relacionadas a orçamento e controle de receitas, despesas, obras em andamento, imobilizações e fluxo de caixa.

A solução MicroStrategy inclui os produtos Web Reporter e Web Analyst, que serão responsáveis pela emissão de relatórios e gráficos gerenciais referentes à área de controladoria. “Escolhemos a MicroStrategy por indicação de empresas prestadoras de serviços, que nos apontaram os inúmeros recursos oferecidos pelos produtos da companhia”, afirma Marcelo Michelli, gerente de TI da Rodosol.

Segundo Marcelo, pela primeira vez uma concessionária de rodovia estadual adquire uma solução de BI para o acompanhamento de orçamentos previstos e realizados, a partir de relatórios lançados com base nos dados de memória de cálculo e fluxo de caixa. Será possível, por exemplo, calcular a variação do preço do pedágio e eventuais alterações de investimentos, com a finalidade de cumprir prazos e compromissos assumidos com o governo. Outra função importante do sistema integrado serão as simulações para as tomadas de decisões mais precisas, tendo em vista as conseqüências possíveis de cada opção apresentada.

Os novos sistemas contarão com o apoio das informações armazenadas em um banco de dados Oracle. A plataforma oferecerá acesso a quatro usuários que ficarão responsáveis pelo envio de informações à Diretoria e ao Conselho de Administração da Rodosol. A idéia da empresa é expandir a ferramenta para a área operacional da companhia, incluindo os procedimentos relacionados ao tráfego e pedágio. Conforme explica Michelli, as novas tecnologias ainda trabalham em paralelo ao sistema utilizado anteriormente, com planilhas Excel interligadas umas às outras. A implementação do software será concluída no prazo de seis meses.