Santander adota ToiP

0
0
O Santander já está utilizando o ToIP (Telephony over Internet Protocol, ou Telefonia sobre IP), que é a evolução do VoIP (Voice over Internet Protocol ou Voz sobre IP) em uma de suas agências. Com a tecnologia, as chamadas telefônicas são realizadas num sistema totalmente digital. Além de oferecer todas as facilidades de um sistema de telefonia convencional (envio e recebimento de fax, grupos de busca e captura, caixa postal, discagem direta a ramal, desvio de chamadas, espera telefônica, atendimento automático e serviços de conferência), o novo sistema apresenta facilidades adicionais como mobilidade dos ramais, segurança e gerenciamento centralizados, colaboração e eliminação de interfaces.
“Por ToIP, o mesmo ponto de rede conecta o computador e o telefone, seguindo a tendência de convergência de dados, voz e imagem”, afirma Nelson Carvalhar Felca, gerente geral de Telecomunicações do Santander. Segundo o executivo, entre as vantagens da adoção da ToIP estão a integração das redes e conseqüente ganho em escala (por usar uma única rede para dados, voz e imagem), redução de cabeamento para instalação de novos pontos de telefone, facilidade na instalação de novos ramais e na manutenção, incluindo suporte remoto.
Estas vantagens também poderão gerar redução nos gastos de telefonia, mas, segundo Nelson, é prematuro calculá-la. “Mesmo porque a nova tecnologia exige investimentos em software, hardware e serviços, além de despesas adicionais com tarifas, em função de eventuais ajustes na rede”, observa.
O Santander já utiliza a ToIP nos cerca de 1.000 ramais do seu Centro Administrativo 4, onde opera o banco de Atacado, entre outras áreas, desde o ano passado. “Como estávamos construindo uma nova unidade, resolvemos iniciá-la com o sistema ToIP. Agora, vamos aproveitar a experiência para estendê-lo para novas agências, nos próximos meses”, afirma o gerente. A tecnologia fará parte da nova plataforma multiserviços do Banco, que agregará todo o tráfego de voz, dados e imagem nos próximos anos.