Saques via smartphone

0
5



A Wincor Nixdorf, fabricante e desenvolvedora mundial de caixas eletrônicos e soluções para bancos e varejo, apresenta ao mercado bancário uma novidade: saques via smartphone. O conceito, já disponível para testes pilotos em instituições bancárias no mundo todo, incluindo o Brasil, consiste na ideia de que, a partir de um aplicativo instalado no celular, o cliente possa comandar uma operação de saque a ser completada diretamente no caixa  eletrônico por meio de autenticação via código de barras e senha pessoal.


“Os consumidores estão demandando cada vez mais conceitos inovadores, e dentro desse contexto, os smartphones também terão um papel importante na interação com caixas eletrônicos”, diz Stefan Wahle, vice-presidente de soluções e software da Wincor Nixdorf.


Como funciona?
Por meio de um aplicativo instalado no smartphone, o cliente prepara o saque, informando o banco sobre a transação. Como confirmação, recebe um QR Code único referente à operação. Se for necessário, o aplicativo também mostrará qual o caixa eletrônico mais próximo que suporta a opção Mobile Cash.


Para melhorar essa experiência, a Wincor Nixdorf aperfeiçoou seu aplicativo PC/E Mobile Cash.  Lançado para Android e iOS em outubro de 2012, esse aplicativo faz com que o saque seja  mais rápido e, promete maior segurança. Para os usuários do IPhone, a Wincor Nixdorf é a primeira fabricante de caixas eletrônicos a integrar esse serviço diretamente no Apple Passbook, usando senha da Apple. Para usuários Android, uma função comparável foi integrada diretamente no aplicativo da Wincor Nixdorf.


No caixa, a interação funciona do seguinte modo: os clientes selecionam a função Mobile Cash e então controlam o restante da transação, previamente preparada, pelo seu smartphone. O QR Code, que é armazenado tanto no Apple Passbook quanto no aplicativo PC/E Mobile da Wincor Nixdorf, é lido no caixa eletrônico, substituindo a autenticação via cartão. Uma senha também poderá ser solicitada como adicional de segurança.


No que se refere ao banco, apenas algumas extensões são necessárias. Dependendo da configuração corrente, pode ser necessário adicionar um leitor de código de barras nos caixas eletrônicos instalado nas máquinas para dar suporte a essa função. O PC/E Transaction Safe, o componente servidor, é facilmente integrado ao ambiente de software já existente, e trabalha a comunicação com os sistemas do banco.