Scopus prevê faturamento de R$ 55 milhões na área de e-serviços

0
1

A unidade de negócios e-serviços da Scopus Tecnologia prevê encerrar o ano de 2001 com uma receita de R$ 55 milhões, valor 55% superior ao obtido no ano passado. A empresa fechou o terceiro trimestre somando R$ 40,7 milhões, 72% do total previsto para este ano.

Esse desempenho comprova que, cada vez mais, as corporações estão interessadas em concentrar esforços em seu core business, deixando o gerenciamento do ambiente de TI e do parque de máquinas a fornecedores especializados. “Os resultados da Scopus também demonstram que o investimento feito pelas tradicionais empresas de TI no setor de serviços é uma estratégia que dá certo”, comenta Mauro Cremm, gerente da divisão comercial da área de e-serviços. Estudo publicado pelo Gartner Dataquest, em agosto, com 250 empresas de diversos segmentos, aponta que 52% delas pretendem continuar investindo em manutenção a hardware e 63% em suporte a sistemas implantados.

A ampliação de dois contratos com empresas de porte no mercado brasileiro foram importantes para a Scopus assegurar seu ritmo de crescimento. Desde agosto, a empresa presta serviços de manutenção para todos os POS (point of sale) Verifone da Visanet, o que significa o atendimento a mais de 2500 chamados/mês. Antes, a empresa atendia apenas o sul do País, Rio de Janeiro, Espírito Santo e interior dos demais estados. “A garantia de qualidade e continuidade de serviços em regiões tão distantes foi o que levou a Visanet a fechar conosco esse acordo total”, oberva Cremm.

A Scopus Tecnologia tem 75% das ações pertencentes à Bradespar. Com sua política de investimento em novas tecnologias, a Scopus está estruturada em três grandes unidades:
– e-Soluções, que fornece soluções de negócios on-line na Internet, com diferencial na oferta agregada de sistemas de pagamento e serviços de segurança;
-e-Serviços, que provê atendimento e suporte ao cliente e também manutenção e fornecimento de equipamentos, help desk, gerenciamento de rede e sistemas;
-e-Commerce, que tem como atividade a operação e administração de atividades de comércio eletrônico, sendo a Scopus.com responsável por essa área.