SCPC tem aumento de 5,7% em março

0
1


As consultas ao Serviço Central de Proteção ao Crédito (SCPC) da Associação Comercial de São Paulo (ACSP) aumentaram 5,7% em março de 2006 sobre o mesmo mês de 2005. E, as consultas ao UseCheque cresceram 8,8% no mesmo período.

O presidente da ACSP, Guilherme Afif Domingos, ressalta que os índices devem ser analisados com cautela, pois em março deste ano houve um dia a mais que no ano passado. “Em 2005 a Semana Santa caiu em março. Se considerarmos a média diária de consultas, perceberemos um ritmo muito semelhante ao de fevereiro, com movimento abaixo do esperado pelo varejo”, explica.

Para Afif Domingos, a expectativa é de que em abril as vendas possam melhorar, principalmente com a entrada dos recursos do novo salário mínimo, uma nova queda das taxas de juros e a expansão do gasto público. “Esperamos também que o cenário político esteja mais tranqüilo. As notícias sobre os recentes acontecimentos geram incertezas e isso faz com que as pessoas fiquem receosas para assumir compromissos”, comenta.

Com relação às inclusões e exclusões, o aumento de 9,8% nos registros recebidos pelo cadastro de inadimplentes do SCPC, contra o crescimento de 6,4% dos registros cancelados, constitui sinal de alerta para o varejo, para as instituições financeiras e para os consumidores, pois o crescimento da inadimplência, embora ainda moderado, exige cautela de todos. O presidente da ACSP explica que a ampla disponibilidade de crédito para as pessoas físicas leva muitos consumidores a se endividar. Isso, de acordo com Afif Domingos, seria evitado com o funcionamento do cadastro positivo, cujo projeto continua em tramitação no Congresso Nacional.