Ser ético é bom pra todos

0
1

Com estrutura organizacional específica para tratar de assuntos relacionados a ética, o Banco do Brasil cria campanha cujo ideal é destacar a relevância dos valores éticos na realização de negócios e, no ambiente de trabalho. O assunto faz parte das estratégias da instituição, a qual credita grande parte da rentabilidade e baixa inadimplência nos negócios, a solidificação dos princípios morais construídos dentro da organização. “Acreditamos que rentabilidade e lucro são consequências naturais de um trabalho pleno de significado”, diz Carlos Alberto Netto, Diretor da área de gestão de pessoas da instituição. “Uma empresa que tem por compromisso a ética, engaja-se de forma voluntária e formalmente com a construção de um ambiente de integridade e confiança no relacionamento com seus diversos públicos: funcionários, clientes, fornecedores e governo”, completa.
ClienteSA – A empresa possui uma estrutura organizacional específica para tratar de assuntos relacionados à ética? 
Netto: Em virtude da participação relevante de nossa Empresa na sociedade, a preocupação com nobres valores éticos sempre esteve presente em nossa cultura. Por meio do Código de Ética e as Normas de Conduta, sistematizados em 2000, o BB reafirmou as regras que regem a atuação de seus funcionários, materializando princípios e deveres fundamentais que devem permear as rotinas internas. 
Como a empresa está se posicionando para implementar a cultura da ética? 
O Banco do Brasil periodicamente disponibiliza a seus funcionários os documentos institucionais que consolidam o posicionamento ético da empresa. Podemos citar como exemplos de mecanismos e procedimentos internos, em favor da ética, as ouvidorias externa e interna, o Código de Ética e as Normas de Conduta, nosso sofisticado sistema ético e disciplinar, além de treinamentos e certificações voltados ao tema, dentro da UniBB [Universidade Corporativa Banco do Brasil]. Importante destacar que está em andamento ampla campanha de comunicação interna, sob o lema, “Ser Ético é Bom Pra Todos”, desenvolvida com a finalidade de destacar a relevância de valores éticos e morais na realização de negócios e no ambiente de trabalho. 
Há uma diretoria própria só para a gestão da ética empresarial? 
Por tratar-se de empresa de grande porte, presente em todo o país, a estrutura para gestão da ética do BB é descentralizada, compreendendo comitês para tratamento de desvios éticos e disciplinares em todos os Estados e Distrito Federal. A articulação e coordenação estratégica estão a cargo da diretoria gestão de pessoas, por meio de gerência responsável pelo estabelecimento de diretrizes e políticas relacionadas ao assunto. 
Como se dá o treinamento dos funcionários para o enraizamento dos princípios éticos dentro organização? 
O assunto é tão importante para o BB que, em nossas seleções externas, ética empresarial e profissional, bem como o conhecimento do Código de Ética e demais assuntos afins, fazem parte do conteúdo programático. Além disso, a Universidade Corporativa disponibiliza treinamentos específicos, da mesma forma que a  citada campanha Ser Ético é Bom Pra Todos, de caráter pedagógico e preventivo, que remete a dilemas vivenciados em situações práticas. 
Na competitividade entre os concorrentes, como a empresa encontra um caminho saudável, com práticas éticas? 
Trabalhamos incansavelmente para resgatar valores que tendem a se perder frente ao acirramento da competição empresarial. O BB, portanto, pratica um modelo de gestão organizacional pautado em relações éticas, transparentes e de qualidade, que incorpora as dimensões ambiental, econômica e social. Nosso Código de Ética preconiza, inclusive, a ética e a civilidade como compromisso na interação com a concorrência.
Em sua opinião, o que faz uma empresa ser ética?
Sabemos que a perenidade do Banco do Brasil depende da nossa capacidade de realizar negócios sustentáveis, com retorno positivo para investidores e sociedade. Para o BB, ética não é meio nem fim, mas princípio que permeia todas as suas práticas. A ética é uma obrigação de todos, representando o alicerce indispensável e inegociável sobre o qual realizamos negócios, geramos resultados, em suma, cumprimos nossa missão organizacional. Não sem motivos somos signatários do Pacto Empresarial pela Integridade e Contra a Corrupção (Instituto Ethos e Empresa Limpa), estamos listados no Cadastro Empresa Pró-Ética (Controladoria-Geral da União) e figuramos em indicadores como o Índice de Sustentabilidade Ambiental (Bovespa) e Índice de Sustentabilidade (DowJones).