Setor de cartões em clima de expansão

0
1



A indústria brasileira de cartões encerrou 2008 com um desempenho superior ao estimado no início do ano, e as expectativas para 2009 permanecem positivas. Números preliminares da Abecs – Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços indicam que o volume financeiro negociado por meio dos plásticos em circulação no mercado (crédito, débito, loja e rede) somou ao longo do ano passado R$ 388,7 bilhões, cifra 24% maior do que em 2007.

 

De acordo com Marcelo Noronha, diretor de comunicação da Abecs, o bom resultado do setor reflete a combinação de três fatores: continuidade da migração de meios de pagamento como cheque e dinheiro para o cartão, crescimento das vendas no comércio e ingresso de novos portadores de cartões. E são esses mesmos fatores que, na avaliação de Noronha, deverão permitir que a indústria de cartões continue crescendo em 2009.

 

Segundo projeções da Abecs, se o PIB (Produto Interno Bruto) crescer em 2009 entre 2,5% e 3%, as expectativas são de que o volume financeiro negociado por meio de cartões aumente dentro dos seguintes intervalos: a indústria como um todo pode avançar de 15% a 20%, com o segmento de crédito crescendo de 14% a 18%, o de débito de 20% a 27%, e o de loja e rede de 10% a 14%.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorGradual otimiza service desk
Próximo artigoNovo reforço na CPM Braxis