Setor de TV por assinatura cresce 12%

0
1



A Associação Brasileira de TV por Assinatura (ABTA) e o Sindicato das Empresas de TV por Assinatura (SETA) divulgaram os resultados do Levantamento Setorial Operadoras (ABTA/SETA)  do segundo trimestre de 2007. Nos meses de abril, maio e junho, o faturamento bruto do setor foi de R$ 1,6 bilhão, um aumento de 19% em relação ao mesmo período de 2006.


Mais uma vez, a expansão da base de assinantes de banda larga foi um dos propulsores desse crescimento. O número de usuários de internet em alta velocidade teve um aumento de 55% em relação ao segundo trimestre do ano passado, ultrapassando a marca de 1,4 milhão de assinantes.


O relatório revela que, no período, a base de assinantes de TV por assinatura cresceu 12%, frente ao registrado em 2006. Em junho, as operadoras ultrapassaram o total de 4,9 milhões de assinantes


“É na oferta de banda larga que as empresas de TV por assinatura estão se fortalecendo e têm grande potencial de ampliar sua abrangência, passando a atender novos públicos, em todas as camadas da população. Considerando a média de cerca de quatro telespectadores por domicílio, a TV por assinatura está disponível hoje para aproximadamente 20 milhões de brasileiros”, explica Alexandre Annenberg, diretor-executivo da ABTA.