Só sms não vale!

0
2



Uma pesquisa encomendada pela Qualcomm ao Informa Telecoms & Media entrevistou 262 brasileiros, sendo 51% homens e 49% mulheres, com idades entre 16 e 50 anos e renda familiar de R$ 1506,00 ou renda individual de R$ 1.040,00 para saber seus hábitos de uso de um smartphone.


Em estudo recente divulgado pela Qualcomm, empresa mundial responsável pelo fornecimento de processadores móveis, o smartphone touchscreen, cobiçado pelo brasileiro das classes C e D, deve ter entre seus principais atributos um bom cartão de memória, vida útil de bateria até 12 horas contínuas, conexão Wi-Fi e já vir com aplicativos pré-instalados.   Para 76% dos entrevistados, um diferencial na hora de compra seria o acesso a aplicativos móveis já instalados e prontos para usar no aparelho.


O mesmo material aponta o atual perfil de uso de aparelhos celulares dos entrevistados, liderados pela adoção de mensagens de texto (74%), música digital MP3 (65%) e câmera (61%). Itens como acesso à internet (44%), uso de redes sociais (41%) e envio de e-mails (31%) também foram contabilizados.


Na segmentação de uso por sexo, as mulheres enviam mais mensagens de texto (78%) e escutam rádio FM (62%) do que os homens, respectivamente com 70% e 58%. Já eles preferem escutar música digital MP3, 68% vs. 62% das entrevistadas, e a câmera, 62% vs. 30% das entrevistadas.


O estudo foi encomendado pela companhia à consultoria Informa para mapear as principais funcionalidades, faixa de preço e desejo do brasileiro de baixa renda. Também teve em vista auxiliar aos fabricantes locais de smartphones para conquistar o público.


 


 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorA aposta da Zenvia
Próximo artigoSolução tecnológica aos corretores