SoftTeam comercializa solução para Nota Fiscal Eletrônica

0
0


A Soft Team está comercializando e implementando a solução Triangulus NF-e, solução que cuida de toda geração e gestão da Nota Fiscal Eletrônica. O aplicativo é destinado a atender as normas definidas no projeto da Secretaria da Fazenda (SEFAZ), intitulado Nota Fiscal Eletrônica.

A solução chega para facilitar a emissão de notas fiscais. O Triangulus NF-e interage com os principais ERPs do mercado, gera arquivo XML de acordo com o layout definido no manual do contribuinte e gera assinatura digital utilizando certificado digital aprovado, além de imprimir o DANFE – Documento Auxiliar de NF-e, com código de barras bidimensional, enviar à SEFAZ arquivo de lote com XML gerado e consultar a autorização de uso de nota fiscal eletrônica.

A solução já é utilizada pela Wickbold & Nosso Pão Indústrias Alimentícias, que junto com outras 18 empresas fazem parte do projeto-piloto do Governo do Estado de São Paulo para implementação do sistema, dentre elas, BR Distribuidora de Petróleo, Cervejarias Kaiser, Companhia Ultragaz, Eletropaulo, Eurofarma, Ford, General Motors, Gerdau, Petrobrás, Sadia e Telefônica.

Tecnologia e segurança – Em breve, antes de uma empresa promover saída de mercadoria, deverá gerar um arquivo eletrônico com as informações fiscais da operação que realizou. O arquivo conterá assinatura digital do emitente, para garantir a integridade e a autoria dos dados. Esse arquivo eletrônico atenderá pelo nome de Nota Fiscal Eletrônica e os dados serão imediatamente transmitidos ao Fisco da jurisdição do contribuinte para verificação preliminar. Após a verificação, será emitido ao contribuinte um código de autorização de uso. Só então a mercadoria poderá sair do estabelecimento. O processo todo deverá demorar alguns poucos segundos.

Os dados da NF-e ficarão à disposição do destinatário da mercadoria e de outros interessados que possuam a chave de acesso, para consulta via Internet. O arquivo será ainda transmitido à Receita Federal e, em caso de operação interestadual, para a fiscalização do Estado de destino da mercadoria. A Receita Federal funcionará como repositório nacional de todas as NF-e emitidas.

A Receita Federal será também responsável pela identificação de casos de indisponibilidade de sistema de determinada secretaria estadual de Fazenda. Nesse caso, atuará como substituta na tarefa de autorizar os documentos eletrônicos emitidos, até a normalização do ambiente operacional. Se a indisponibilidade ocorrer no ambiente do contribuinte, este poderá emitir os DANF-e em formulário de segurança, que substituirão as NF-e até o restabelecimento do sistema e o envio dos arquivos digitais à fiscalização correspondente.