Soluções móveis: IDC apresenta estudo

0
2



A IDC América Latina, empresa de inteligência de mercado, serviços de consultoria e conferências para os mercados de tecnologia da informação e telecomunicações, acaba de apresentar os resultados do estudo “Latin America Investment Priorities Wireless & Mobile Solutions 2010”, que mostra como está a demanda de soluções móveis e sem fio para empresas da Argentina, Brasil, Chile, Colômbia e México.


Baseado em um levantamento realizado com 460 empresas de 250 ou mais funcionários, o estudo analisou os planos de investimentos, desafios e preferências de cada companhia na hora de implementar soluções de mobilidade. “Esse estudo que produzimos evidencia como o processo de mobilização da força de trabalho dentro das organizações foi acelerado, com o objetivo de melhorar a eficiência e ter um impacto direto na geração de receita”, declarou Alexandre Goldman, gerente de pesquisa e consultoria de telecom da IDC Brasil. “Essa estratégia garante ao funcionário acesso a recursos corporativos em diferentes meios ou lugares, seja nos clientes ou em distintos locais da própria empresa,  fomentando desempenho e produtividade”.


O “Latin America Investment Priorities Wireless & Mobile Solutions 2010” destaca que, até o mês de julho de 2009, mais de 53% das empresas entrevistadas na América Latina já haviam introduzido serviços de dados móveis para uma parte de seus colaboradores. Quanto ao serviço de voz móvel, a utilização fora do local principal de trabalho chega a 80% das empresas, sendo que 70% usam também SMS. No Chile, esse número atinge 82% e no Brasil 67%, indicando mais espaço para crescer. “A IDC realça que 84% das empresas consultadas informaram ter algum tipo de smartphone (corporativo) em uso por seus colaboradores. O Chile tem a maior penetração deste tipo de dispositivo (93%), disse Goldman.


Nos próximos 12 meses, mais de 30% das empresas dos países analisados incrementarão seus investimentos em mobilidade corporativa em até 30%. O setor financeiro é o que apresenta a maior expectativa de crescimento.


Para Goldman, a evolução da maturidade do mercado regional é evidenciada pela crescente mobilização de recursos corporativos. “Atualmente, 20% das empresas entrevistadas já utilizam ou estão em fase de implementar aplicações específicas de negócios em meios móveis, tais como CRM, ERP, FSA (Field Service Automation), Timesheet Entry, Expense Tracking etc. Na Colômbia esse número chega a 30%, sendo que 60% desse universo utilizam soluções de Field Service Automation”.