Startup investe em venda direta

0
1
Com uma vida mais conectada, é cada vez maior a realização de compras e tarefas pela internet. No entanto, ainda existem aqueles clientes que não estão acostumados com tais atividades virtuais, seja pela falta de hábito ou a falta de confiança, principalmente em situações que envolvem diretamente as suas finanças. Ainda que constantemente ferramentas sejam criadas com o intuito de atender o cliente de maneira personalizada, em muitos casos não é possível substituir o contato pessoal. E oferecer produtos e serviços personalizados é uma das formas de sucesso das empresas. Pensando neste quesito, a startup de finanças Intoo oferece a visita de consultores financeiros aos seus clientes. Os profissionais são responsáveis por realizar assessoria de crédito na empresa dos interessados.
No caso da Intoo, que é uma plataforma on-line de cotação de crédito, o serviço proporcionado pode ser feito pela internet. Porém, a empresa também conta com uma equipe de consultores financeiros, que visitam os clientes para oferecer exclusividade e estreitar o relacionamento com o interessado no financiamento. “As pessoas procuram um atendimento diferenciado que satisfaça todas as necessidades delas. Em alguns casos, precisamos prestar consultorias para melhorar o perfil de crédito da empresa, assim ela consegue crédito junto aos bancos”, aponta Anderson Pereira, diretor comercial. 
Segundo o consultor financeiro, Melk Rodrigues, o trabalho de porta em porta significa criar uma relação de confiança nos clientes. “Dessa maneira, o cliente tem à disposição uma consultoria que organiza um dossiê financeiro às instituições bancárias para ajudá-lo a conseguir empréstimo. Como o banco não sabe o histórico do empresário, a instituição oferece um crédito menor que o cliente precisa, e isso não é suficiente”, completa. Ele ainda explica que não basta oferecer um produto ou serviço, a empresa deve fazer um trabalho que envolve várias etapas. É preciso conhecer profundamente as necessidades dos clientes. Por isso, é feito um mapeamento de negócio junto ao empresário visando direcionar as melhores opções de crédito. “Não adianta o cliente apenas pedir o empréstimo, se o negócio dele está desestruturado, ele não vai conseguir. Aí que entra o trabalho de visita porta a porta da Intoo”.