Startups dão o tom da inovação

0
13
Especialista em varejo e responsável pelo laboratório de startups do OasisLab, centro de inovação especializado em varejo, Fabíola Paes participou da NRF Retail´s Big Show 2018, realizada em janeiro, em Nova York , e destacou 50 startups globais que, por meio da inovação tecnológica, estão revolucionando a forma de comprar e vender. Estas empresas, focadas na experiência do consumidor com ênfase nas integrações multicanal – on e off-line -, estiveram entre os assuntos mais debatidos na feira.
“A redução do atrito entre canais e sua maior fluidez para um varejo mais híbrido, somado às variadas tecnologias, foi pauta de grande relevância durante os três dias do encontro. No NRF Startup Meetup realizado durante a NRF Retail´s Big Show, por exemplo, 21 startups apresentaram suas ideias com base em temas como inteligência artificial, branding experience e omnichannel”, completa.
Reconhecidas por serem grandes propulsoras e potencializadoras de novas tendências no mercado varejista, as startups estão mudando a forma como as empresas se relacionam com seus públicos, segundo a executiva. Ela explica que essas modificações são muito rápidas e fazem parte do DNA das startups que focam inovação e tecnologia e tem uma capacidade de adaptação e reinvenção muito mais rápida do que as antigas corporações.
O estudo desenvolvido por Fabíola, que pode ser conferido abaixo, foi organizado em forma de mandala, onde as startups globais que se destacaram em soluções e propostas inovadoras foram classificadas de acordo com as principais macrotendências e eixos de inovação que norteiam suas funcionalidades. Sua realização – uma parceria do OasisLab com a Neomode, e apoio acadêmico do Núcleo de Varejo Retail Lab da Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM), no qual Fabíola leciona e coordena alguns projetos – tem por objetivo difundir o conhecimento e ressaltar a importância destas práticas inovadoras para o segmento varejista.
A mandala conta com 10 macrotendências e organiza as startups e seus projetos dentro de um cenário que fala de operação, inteligência artificial, logística, engajamento com consumidor, tecnologia 3D, online, IoT (a internet das coisas), pagamento, realidade aumentada/realidade virtual, e omnichannel. O trabalho relaciona produto, serviço e resultados. Um dos principais apoiadores desse projeto e também fundador do OasisLab, Hélio Biagi observa que “o estudo é inédito e tem por objetivo destacar startups provedoras de soluções tecnológicas dentro de um cenário global, visando motivar os varejistas a explorarem cada vez mais este ecossistema como ferramenta na busca dos seus objetivos de inovação e resultados”.
CENÁRIO DAS STARTUPS GLOBAIS E INOVAÇÕES


Omnichannel – Um dos principais focos de muitas edições da NRF, esse processo visa a integração entre a oferta de canais de vendas, promoções e relacionamento. Nesse novo cenário o consumidor pode comprar em qualquer lugar e em qualquer momento, rompendo a barreira entre on-line e físico. Na mandala, os dois eixos representativos são: canal de venda e gestão de equipe, totalizando 4 startups.
Operação – com a mudança do comportamento do consumidor os varejistas precisam estar em constante evolução em sua gestão operacional. Todos os processos internos precisam ser previamente planejados e readequados com cada necessidade do mercado. Na mandala, 11 startups foram escolhidas para constituir os eixos: gestão de equipe, inventário, arquitetura tecnológica, checkout e marketing.

Inteligência Artificial – os resultados de IA aplicada ao varejo estão cada vez mais visíveis e indicam grande benefício aos varejistas focados em inovação. Aliado a outras tecnologias como machine learnig, a habilidade de sistemas entenderem o comportamento humano e entregarem soluções tecnológicas como assistentes virtuais, reconhecimento por imagem ou utilizar robótica, facilitam a jornada de compra do início ao fim. Ao todo foram mapeadas 8 startups com foco nos eixos chatbot, recomendação e personalização.
Logística – é notável que muitos varejistas estão reformulando e inovando em sua forma de disponibilizar a entrega de um produto. Hoje, o consumidor está cada vez mais resistente em pagar altas taxas de frete e está mais adepto a métodos exclusivos como a retirada da mercadoria diretamente no ponto de coleta (pick-up-store), sem frete. Os eixos que caracterizam essa macrotendência são: retirada rápida e logística reversa, totalizando 5 startups.
Engajamento com consumidor – o consumidor quer utilizar a tecnologia para comprar e interagir mais profundamente com a marca. O relacionamento B2C trouxe consigo diversos insights para varejistas inovarem na criação cada vez mais personalizada de ofertas. Para refletir esse conceito, foram escolhidas 4 startups organizadas nos eixos conversão e geolocalização.
3D Tech – de olho na customização, empresas que investem em tecnologia tridimensional estão ganhando cada vez mais espaço. De acordo com a pesquisa High-Tech Retail, mais de 50% dos consumidores revelam que as tecnologias são assertivas no momento da compra. As soluções em 3D são amplas e, aliadas a outras vertentes tecnológicas, podem trazer mais visibilidade a hora de personalizar uma oferta. Na mandala 3 startups são responsáveis por representar os eixos display interativo e online experience.
IoT –  a internet das coisas representa a dissolução das barreiras tecnológicas tradicionais. Com a otimização de processos operacionais, big data e quantidade massiva de informações, monitorar o comportamento do cliente e analisar os fatores essenciais para a tomada de decisão de compra é uma das soluções encontradas dentro do dinamismo da IoT. É possível monitorar o consumidor em tempo real, explorar seu perfil de comprador, frequência de compras, influência digital, produto preferido entre outros aspectos. Na mandala foram apresentadas 5 startups organizadas nos eixos display interativo, mapa interno da loja e wi-fi.
Online –  dentro do ambiente online existem diversas soluções que possibilitam estratégias de varejo cada vez mais persuasivas. A conectividade tem estreitado a relação dos varejistas com seus consumidores, fator esse que, somado ao impacto da inovação, transforma constantemente o segmento varejista. Com ênfase nos eixos canal de vendas, personalização e recomendação, foram apresentadas ao todo 6 startups.
Pagamento – a flexibilidade e automatização de pagamentos ampliam ainda mais parâmetro de vendas do varejista, seja na loja física ou online. A diversidade de opções na forma de pagamento faz com que os clientes se sintam mais seguros quanto à possibilidade de continuar comprando, inclusive quando essas inovações evitam fatores externos como enfrentar grandes filas para pagamento. Como exemplo, citamos 1 startup dentro do eixo compra.

Realidade Aumentada/ Realidade Virtual – a tecnologia imersiva e interativa de novas interfaces de serviço está reinventando a experiência que os consumidores têm com a marca ou produto, tanto para a jornada de compra dos clientes, como para aplicação do lojista dentro da sua gestão. A capacidade de mesclar mundo virtual com a realidade ajudam a despertar o interesse, impactar sentimentos e gerar mais engajamento. Na mandala foram escolhidas 3 startups para representar essa macrotendência global.