Supermercados substituem tíquetes por cartão magnético

0
1

Os supermercados do estado de São Paulo deixarão de aceitar os tíquetes alimentação de papel a partir de 1º de janeiro de 2003. Eles serão substituídos por um cartão magnético específico para esse tipo de benefício. Haverá, porém, um prazo de tolerância, no qual os vales de papel que ainda estiverem em circulação no mercado continuarão a ser aceitos. A decisão foi anunciada pela Assert, entidade que reúne as empresas operadoras do sistema refeição e alimentação convênio, após negociação com a Associação Brasileira de Supermercados (Abras).

A mudança contempla apenas os tíquetes alimentação – aceitos em supermercados, mercearias e similares. Numa segunda etapa, serão também substituídos por cartões os tíquetes refeição, usados em restaurantes, bares e similares. A implantação do cartão magnético no segmento alimentação começou em 1999. Em novembro último, a Assert e a Abras fixaram um cronograma para a substituição definitiva dos tíquetes de papel. A mudança já foi feita na Grande Rio de Janeiro. A partir de 1º de janeiro, ela será estendida ao estado de São Paulo e as demais cidades do estado do Rio. A expectativa da Assert é de que até abril de 2003 seja feita a migração em todo o país.