Surge um novo profissional na área de TI

0
7


Indiferente do ramo de atividade, a gerência simultânea de diversos investimentos cresce regularmente dentro das organizações e tem sido quesito decisivo para gerar resultados mediante a acirrada concorrência. Com as mudanças mercadológicas e tecnológicas, quase que diárias, o gerenciamento do portfólio de projetos com foco nos negócios exige muita análise e direcionamento. Neste cenário, a 5A Consultoria em Gestão anuncia para o mercado o surgimento de um novo cargo, intitulado de “gerente de desempenho de TI”. O novo profissional não substituirá o CIO – Chief Information Officer, mas o apoiará na gestão dos investimentos de TI e nas tomadas de decisão.

Segundo Carlos Perobelli, diretor de operações da 5A Consultoria, o novo cargo é uma necessidade do setor. “Existe uma carência, imposta pelo mercado de trabalho, de um profissional que tenha visão analítica do dashboard (painel estratégico de desempenho)”. O painel da área de TI sinaliza as diretrizes dos investimentos de TI e se esses estão alinhados com a estratégia de negócio traçada pela organização. Se surgem oportunidades ou dificuldades, o profissional tem a responsabilidade de analisar a situação com foco no que é importante para os negócios e auxiliar na identificação do melhor caminho a ser tomado.

Perobelli explica que, o papel do “gerente de desempenho” é analisar o dashboard, sobre as quatro dimensões (cliente, processos, inovação e financeiro) identificando as alternativas e apoiando na decisão. “O painel auxilia na rápida visualização do problema, e qual área ou atividade merece atenção para que não prejudique as outras áreas ou comprometa os ativos da empresa”, analisa o consultor.

Para ele, este novo profissional não precisa necessariamente entender profundamente de Tecnologia da Informação, “porém como o foco dele é análise de desempenho o cargo necessita de formação em Administração de Empresas e experiência em Matemática Financeira. Julga-se necessário também conhecer profundamente de estratégia de negócio”, salienta.