Surpresa? Nem tanto…

0
17
Mal 2018 começou e já estamos em fevereiro. E apesar de muitos falarem que o ano só começa depois do carnaval, quem está na linha de frente das estratégias de gestão de clientes sabe que isso não é verdade. Ainda mais com tanta transformação em curso na atividade, ficar parado é ficar para trás. Por isso, com o planejamento traçado no final do ano passado, muitos já estão arregaçando a mangas e pondo em prática suas ações para acompanhar a transformação digital e entregar uma experiência superior aos clientes.
Até porque, apesar do ano ter virado, os desafios e as preocupações dos gestores da área de customer experience continuam as mesmas. É a corrida por identificar os diferentes perfis de clientes. A busca por antecipar todas as necessidades deles. A aposta em novos modelos disruptivos. Os investimentos em novas tecnologias para atender novas demandas. Omnichannel, inteligência artificial, Internet das Coisas, Analytics, realidade virtual, mobile. Se tudo isso esteve em pauta em 2017, a expectativa é de que esse movimento ganhe ainda mais força, como apontam os artigos reunidos pelo portal ClienteSA.
Publicados nesse início de ano, o material reforça a tese de que a transformação digital do mercado não deve parar, fazendo com que as empresas continuem se reinventando para acompanhar as mudanças. Nos artigos, especialistas refletem sobre o papel da tecnologia no relacionamento com os clientes, a necessidade de quebrar paradigmas com novas estratégias e o avanço do mundo digital.
Confira:
Entender o comportamento do consumidor tornou-se ponto-chave no e-commerce
Ensaios prematuros para uma relação melhor em meio à forte presença da tecnologia
Escolha do modelo depende do caminho que a empresa quer seguir
Modo de fazer negócio não será o mesmo nos próximos cinco anos
Com as mudança no feed do Facebook, marcas sofrerão com engajamento. A saída pode estar nos bots
A análise de dados e o varejo digitalmente centrado no cliente
Hoje, é preciso mudar de acordo com as expectativas dos clientes, seus hábitos e evolução tecnológica
Aquele que oferecer a melhor experiência de usuário vai ganhar o mercado em 2018
Áreas em que os varejistas já estão tirando proveito das vantagens da tecnologia