Syxt amplia conceito e muda de nome

0
2


Há dois anos os amigos Diego Monteiro e Renato Sousa assistiram entusiasmados ao “boom” do Orkut. Apaixonados por computação, e admirados com o conceito do Orkut, aliaram conhecimento técnico e de negócios para iniciarem uma empreitada profissional. Dessa mistura nasceu o Syxt, site de relacionamentos com foco profissional.

Dentro do conceito de web 2.0, no qual o usuário é ativo e participa da elaboração do que é colocado na rede, o site entrou no ar para valer há um ano, com regras, ferramentas de moderação e um sistema de denúncias que impede a inserção de conteúdos que fujam da proposta. E já nesse primeiro ano várias funcionalidades foram desenvolvidas, a navegação foi facilitada e o número de usuários saltou dos dois mil para os atuais 40 mil. “Esse primeiro ano foi de muito crescimento. Agora estamos entrando na fase de consolidação de todo o trabalho desenvolvido”, comenta Renato.

Com isso, o site anunciou a mudanças do nome, passando a se chamar Via Syxt. O objetivo é traduzir a ampliação do conceito do site. “Percebemos que é muito mais que uma comunidade virtual, mas sim vários serviços agregados, sempre voltados à troca de conhecimento, a grupos corporativos. Via Syxt você consegue contatos com profissionais da sua área ou até mesmo de outra, quer para realizar negócios, conseguir um emprego ou se manter atualizado com relação a cursos”, explica Diego.

Tendo como principal público profissionais das áreas de Recursos Humanos, Administração e Tecnologia, o site tem alcançado mais de um milhão de page views por mês. O número de comunidades e de tópicos de discussão vem aumentando muito e até um blog (http://blog.syxt.com.br) foi criado para que os usuários possam acompanhar todas as novidades sobre as comunidades profissionais e conferir dicas de networking, conceito ainda pouco difundido no Brasil.

A advogada paraense Akssa Araújo procurava por algum site que tivesse o princípio do Orkut, mas direcionado para o lado profissional. Fez uma pesquisa na Internet, encontrou o Via Syxt, ainda em fase experimental, e se cadastrou. “Desde então tenho mantido contato com vários usuários, fiz questão de estreitar meu networking com alguns e fui até conhecê-los”, conta Akssa, que é moderadora de algumas comunidades e criadora da de Direito Tributário, sua especialidade. “Sempre acrescento conteúdo. Gosto da interação propiciada pelo site. O retorno é quase imediato”, destaca a advogada.

O Via Syxt também colaborou com o projeto social do consultor de empresas Sérgio Werneck. Por meio do site, o projeto que era desenvolvido apenas no Rio de Janeiro, chegou à Jequié, cidade do interior baiano, que Werneck nem sequer conhecia. “Por meio de um contato que eu tinha no site repassei todo o material necessário para que promovessem o treinamento na cidade. Foram capacitados 30 jovens de comunidades de alto risco social, o que transformou muito a vida deles”, explica Sérgio, freqüentador das comunidades “Líder solidário” e “Treinamentos populares”.