TDS lança sistema de faturamento eletrônico

0
2


A TDS, empresa que desenvolveu o sistema MedLink (solução de conectividade voltado para operadoras de planos de saúde), lança o Fatel, sistema de faturamento eletrônico e transferência de contas médicas. O sistema introduz algumas funcionalidades do Medlink para operadoras e prestadores de serviços que ainda não estão aptos a utilizar as facilidades de autorização em tempo-real oferecidas pelo sistema.

Com o Fatel, os hospitais não precisam mais preencher manualmente as contas médicas. A solução processa eletronicamente todas as ações ocorridas durante o período de internação do paciente, une todos os dados em arquivo obedecendo às regras e padrões de layout determinados pela operadora e envia as contas médicas via Internet diretamente para os sistemas de gestão da operadora de forma simples e segura. Assim como emite relatório de inconstâncias de dados capturados, elimina glosas geradas pelo preenchimento incorreto das contas e reduz mão-de-obra para a emissão dessas contas.

De acordo com Américo de Castro, presidente da TDS, o Fatel gera benefícios para as operadoras como a eliminação da digitação e redigitação de contas e a liberação de formulários, reduz o reprocessamento de contas e possíveis atritos com prestadores de serviços e agiliza o processo de input das contas no sistema de sinistros. Para os prestadores de serviços, os benefícios são maior confiabilidade das informações processadas, emissão de relatórios de erros para posterior correção, emissão via sistema das contas médicas e relação de materiais e medicamentos, e recebimento de demonstrativos de pagamento e relatórios de glosas via conectividade.