Tim apresentará plano de ação à Anatel

0
2



A Tim informou, por meio de comunicado divulgado à imprensa, que apresentará no início desta semana o plano de investimentos e qualidade adaptado às novas determinações da Anatel. A proposta que será levada à agência reguladora visa atender as novas exigências e padrões de qualidade estabelecidos pelo órgão.

 

As equipes de vendas (direta e indireta) de 18 Estados e do Distrito Federal foram orientados sobre a suspensão da habilitação de novas linhas e serviços de dados a partir desta segunda-feira. A empresa também customizou os sistemas de tecnologia para garantir que nenhuma ativação seja realizada. Outros serviços que não estarão em funcionamento são: portabilidade, mudança de área de registro (troca de DDD) e transferência de titularidade.

 

“A TIM cumprirá o que foi determinado pela agência reguladora. As lojas permanecerão abertas normalmente para que os clientes possam ter acesso a diversos serviços e facilidades, como compra ou troca de aparelhos. Todo o sistema utilizado para novas ativações foi atualizado e está bloqueado para a realização de habilitação de novos chips. Importante ressaltar que em São Paulo, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Sergipe, Mato Grosso do Sul e Amazonas, a Tim vai continuar comercializando normalmente seus serviços tanto para novos clientes quanto para os atuais”, diz Lorenzo Lindner, diretor nacional de operações da Tim Brasil.

 

A operadora vem reiterando que, até o fim deste ano, terá investido R$ 3 bilhões em infraestrutura, mas reconhece, contudo, a existência de gargalos capazes de causar danos aos clientes. A empresa se empenha, agora, em se adequar aos novos padrões adotados pela agência. “Trabalhamos prioritariamente para atender os altos níveis de exigência dos nossos usuários e não somente para cumprir padrões exigidos pela Anatel. Estamos inseridos em um mercado altamente competitivo, o que nos força a oferecer os melhores serviços e ofertas”, afirma Rogerio Takayanagi, executivo da Tim Brasil.