O canal para quem respira cliente.

Triad investe em certificação

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin

Depois da reforma societária pela qual passou no ano passado, a Triad se prepara para dar um salto de qualidade. A empresa, que iniciou em dezembro o trabalho de implantação e ajuste dos processos de negócios, de modo a conquistar a certificação ISO 9001-2000, no qual investiu mais de R$ 100 mil, já começou a análise que vai orientar a modernização dos processos de produção na Fábrica de Software, rumo à obtenção da certificação CMMI (Capability Maturity Model Integrated), nível dois, até o segundo semestre de 2006.

“Estamos dispostos a ampliar a participação no mercado e precisamos, para isso, obter as certificações que nos permitam participar de concorrências, ocasiões em que elas são quase sempre exigidas”, explica o sócio-diretor-presidente da empresa, Silvio Rodrigues. O empresário explica que, em tese, a conquista da certificação ISO 9001-2000, que abrange todos os processos, administrativos, financeiros e produtivos, pressupõe que a empresa já atende aos requisitos de qualidade na área do desenvolvimento de sistemas. Ainda assim, a Triad decidiu investir na certificação específica.

O diretor-presidente da Triad explica que a CMMI é um complemento a ISO 9001-2000 no processo de Desenvolvimento de Software. “Isso nos dará muito maior força de argumentação perante os clientes”, acredita Rodrigues. Disposta a queimar etapas e atingir mais rapidamente o objetivo, segundo o diretor de TI, Marcos Valério de Andrade, a Triad está certificando seis profissionais na qualidade de PMO (Project Management Officers), conferido pelo PMI (Project Management Institute). Um dos requisitos, nesse caso, é que o candidato acumule pelo menos quatro mil horas dedicadas ao gerenciamento de projetos.

O consultor José Eduardo da Silveira Bello, da Ello – Publicidade Sistemas de Qualidade, encarregada de orientar a organização dos processos adotados na Fábrica de Software, explica que os ajustes, rumo à certificação CMMI, estão sendo promovidas no que diz respeito às sete áreas de processo no desenvolvimento: levantamento de requisitos (necessidades do usuário); planejamento do projeto; execução; gerência de configuração; monitoração; controle de qualidade; e subcontratação de pessoal.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima