Ultragaz adota sistema de NF-e

0
6


A Ultragaz, distribuidora de gás, já começa a dar adeus às notas fiscais em papel, emitindo parte dos documentos eletronicamente. A Ultragaz investiu cerca de R$ 300 mil para implantação do sistema, que será utilizado inicialmente por três filiais, localizadas nos Estados de São Paulo, Bahia e Rio Grande do Sul, com previsão de expansão para todas as filiais distribuídas pelo Brasil.

Com uma emissão média de 200 mil notas fiscais por mês, a expectativa da empresa é uma economia direta e anual na ordem de R$ 500 mil. A redução de custos provém dos recursos gastos atualmente com impressão e digitação de notas fiscais na recepção das mercadorias; retrabalho por conta de erros, formulários contínuos e demais custos operacionais. Além disso, a adoção da NF-e acarreta na simplificação das obrigações fiscais e do armazenamento e controle de arquivos, que passam a ser eletrônicos e não mais físicos. “A nossa previsão de retorno dos investimentos é inferior a um ano”, conta Iara Rosso, gerente de tecnologia da Ultragaz.

Para viabilizar a entrada no projeto, a Ultragaz adotou a solução Triangulus NF-e da SoftTeam e o hardware de segurança da True Access, chamado Net D-Fence. Uma das principais preocupações da empresa foi justamente com a questão da segurança. “Sabemos que a vulnerabilidade das chaves e do certificado digital devem ser os pontos de maior cuidado por parte das empresas. Se invadirem seu sistema e emitirem uma nota fiscal indevida, a companhia emissora será a responsável legal”, explica a executiva.