Um chefe para comandar os dados

0
5



O que faz um CDO, Chief Data Officer? Esta função, recém-criada, foi um dos temas mais discutidos durante a 3ª Conferência Internacional em Qualidade da Informação, realizada em São Paulo, no dia 30, pela QIBras. O profissional que ocupa a cadeira do diretor de dados se reporta diretamente ao presidente da corporação e há uma razão para isso: ele é o responsável por rodar por todas as áreas do negócio e entregar informação de qualidade. “Há uma revolução de dados acontecendo, cloud computing, mídias sociais, etc. O CDO pode chegar ao CEO para dizer ´nós vamos quebrar´ e explicar o porquê a partir de dados”, revela Richard Wang, diretor do Programa de Qualidade da Informação do MIT, Massachusetts Institute of Technology.

 

A qualidade de dados deve apoiar a estratégia do negócio, de acordo com Wang. “O CDO deve estabelecer a governança de dados, definir padrões e fazer funcionar as políticas no negócio como todo”, completa. É o chefe da governança dos dados quem fornece uma boa comunicação entre as pessoas e as máquinas, na avaliação de Joseph Bugajski, vice-presidente de pesquisa do Gartner.

 

Entre as razões para o cargo existir, está o fato de que os dados se tornaram complexos e fez-se necessário um profissional que trabalhasse as informações e forma confiável e útil, de acordo com Bugajski. Entre os requisitos para chegar à função, inclui-se experiência em gerência sênior e conhecimento profundo sobre os dados da empresa e nos componentes técnicos. “Para ser um CDO, é preciso se ser um bom executivo de negócios e assegurar que as informações e fontes de dados sejam colocadas para o bom uso, entregando informações de alta qualidade.”