Uma sexta de muitos dias

0
12
A última sexta-feira de novembro já é um dia marcado no calendário do varejo nacional e internacional. Quando diversos consumidores estarão atentos para as grandes promoções criadas pelas lojas. Um momento de muita expectativa, principalmente no Brasil, onde a Black Friday assume a cada ano proporções maiores e melhores. Para Alfredo Soares, sócio e fundador da Xtech Commerce, esse é um dia que traz impactos positivos não apenas para o público, mas também paras as lojas do comércio online e físico. 
De acordo com ele, para uma empresa conseguir obter bons resultados que muitos negócios conquistam todos os anos é preciso, antes de tudo, criar ações reais na loja. “É importante não divulgar falsos descontos e nem mudar os preços para tentar vender mais, pois esse é um dia de suma importância que poderá tanto dar credibilidade para a marca, como também dar desconfiança e influência negativa a ela”. 
Outra preocupação na qual se deve estar atento é a logística de entrega. Então, é essencial criar uma estratégia para informar ao público o prazo correto e respeitá-lo, para evitar um maior abandono de carrinho. “Além disso, é importante disponibilizar mais de um meio de pagamento, pois caso haja algum problema com algum deles, o cliente terá mais de uma opção e não irá desistir da compra”, acrescenta o executivo. E todo preparo é pouco, pois não só há a expectativa de que neste ano o evento superará as edições anteriores – segundo o Google, o crescimento deve ficar entre 15% e 38%, como é esperado também que haja uma maior quantidade de empresas participantes. Afinal, não são somente os consumidores que estão mais confiantes com a data.
  
Para se ter uma ideia, a Black Friday é tão vantajosa que muitos negócios passaram a expandir a data, para aproveitá-la ao máximo. “Aconselho que os lojistas façam a semana e o mês com descontos progressivos e crescentes, diminuindo-os até a Black Friday”, diz Soares. Além de também incluir no calendário a Cyber Monday, a segunda-feira seguinte à sexta-feira de promoção. Só que de nada adianta criar tantos planejamentos, se a loja não tiver uma estratégia de comunicação bem alinhada. “É preciso avisar seus clientes e deixá-los preparados e prontos para as ações que serão feitas.”