Unilever implanta projeto-piloto de etiquetas inteligentes

0
15

A Unilever, em parceria com a Seal e Exel, iníciou o projeto-piloto para implementação de etiquetas inteligentes nas operações da fábrica de Indaiatuba e no centro de distribuição de Louveira, ambos no interior do Estado de São Paulo. A iniciativa poderá trazer ganhos de até 12% em produtividade na distribuição dos produtos da Divisão de Higiene e Beleza nas operações já citadas.
O projeto-piloto passará a operar desde a linha de produção de Indaiatuba até a expedição em Louveira a partir de abril. Serão etiquetados cerca de 1,5 mil paletes e instalados leitores de radiofrequência em seis empilhadeiras. Com o novo processo, a Unilever ganhará tempo no controle das mercadorias, garantindo otimização de mão-de-obra, precisão de informações e velocidade na expedição.
“Com o término do projeto-piloto, previsto para outubro, faremos uma avaliação dos resultados. A idéia é levar a tecnologia para outras operações da Unilever”, declara Leonardo Rubinato Fernandes, gerente de Projetos de Distribuição e Customer Service da Unilever. Nessa fase de testes, somente os paletes serão etiquetados. O próximo passo será instalar as etiquetas inteligentes nas caixas dos produtos e, posteriormente, nos próprios produtos, uma vez que as estimativas são de que o custo da tecnologia vai cair no médio prazo com a adoção em massa pelo varejo e indústria.
“A expectativa da Unilever ao introduzir a tecnologia no Brasil é no futuro ter visibilidade total da mercadoria desde a fábrica até o ponto-de-venda, o que permitirá maior eficiência e rastreabilidade da cadeia de distribuição até o consumidor final, além de redução de custos para todos os elos”, afirma Rubinato.
Quando paletes, caixas e produtos receberem as etiquetas inteligentes, será possível controlar o estoque de produtos nas gôndolas dos supermercados e identificar quais locais precisam ser reabastecidos e com quais produtos. “A Unilever já fez testes da tecnologia nos EUA e Inglaterra e a eficiência do sistema foi comprovada. Registramos resultados animadores”, conta Rubinato.