Unisc estreita comunicação com alunos

0
2
A Unisc, Universidade de Santa Cruz do Sul, localizada no Rio Grande do Sul, tinha com um dos seus principais problemas administrativos a falta de eficiência na comunicação com os 12 mil alunos. O processo tradicional de envio de cartas, telefonemas ou e-mails não surtiam os efeitos desejados. Por este motivo, em 2010, ela investiu na contratação do serviço de SMS corporativo, por meio da solução da Zenvia, empresa provedora de soluções de mobilidade. A ferramenta possibilitou à instituição segmentar as mensagens de acordo com o assunto de interesse do aluno e reduzir os custos em 85%.
Semestralmente, por exemplo, o departamento financeiro envia comunicados sobre o FIES relembrando aos três mil alunos a respeito da assinatura de renovação do contrato. O sistema também é usado para enviar avisos aos estudantes sobre aulas e eventos. “Antes fazíamos toda essa comunicação de forma manual, o que demandava muito mais tempo dos funcionários e custos mais elevados”, diz Everson Carvalho de Bello, coordenador da assessoria de comunicação e marketing da Unisc.
De acordo com Everson, a instituição buscava uma solução que diminuísse o fluxo de trabalho e chegasse ao aluno de uma maneira rápida e eficaz. Além do benefício financeiro, o retorno também se reflete no relacionamento com os alunos. “O desafio da Unisc é bastante presente nas instituições de ensino. Para elas a solução ideal é o envio de SMS para grupos que permite segmentar cada comunicação de acordo com os dados pré-cadastrados no sistema. A criação desses grupos evita ter que digitar o telefone toda vez que enviar o SMS”, explica Rafael Lunes, diretor de negócios da Zenvia.
Na solução utilizada pela universidade, é criada uma planilha em excel com informações do grupo e feita uma importação no sistema de envio de SMS da Zenvia, vinculando esses dados a um grupo de destinatários. Para o envio, basta selecionar o grupo ou as características daqueles que devem receber o SMS, digitar o texto e efetivar o envio.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorRandstad muda o comando no Brasil
Próximo artigoSem mudanças?