University of Pittsburgh oferece formação internacional, sem sair do Brasil

0
2

Sem deixar a carreira e o País, executivos brasileiros têm a oportunidade de se formar na University of Pittsburgh, no curso International Executive MBA Program. Com carga horária de 625 horas, o curso tem como objetivo preparar executivos para serem líderes, obtendo visão global das ferramentas de análise e as habilidades de liderança, para tomar mais responsabilidade no gerenciamento de empresas. Além de formar os executivos para carreiras internacionais, para liderar com sucesso no Brasil e oferecer uma rede de contatos com executivos no mundo inteiro.

O International Executive MBA Program é dirigido a executivos com mais de cinco anos de experiência e exige inglês fluente. Segundo Anne Nemer, diretora da University of Pittsburgh, o curso ainda visa alçancar superstars – jovens executivos identificados pelas empresas com alto potencial; chaves – key players nas organizações; empreendedores – donos das próprias empresas, que já tiveram muito sucesso, mais precisam de uma formação internacional para alcançar as oportunidades do futuro; e transitioners – profissionais, como médicos ou advogados, que querem direcionar a carreira na área de administração.

Para desenvolver os talentos das organizações, a Universidade tem parceria com várias empresas nacionais e multinacionais, como a Bayer, Ford e outras. “O Czech Management Center e a Câmara Americana de Comércio de São Paulo são nossos parceiros na administração do International Executive MBA Program na República Tcheca e no Brasil, respectivamente”, avalia Anne. As universidades parceiras são: University of Augsburg – Augsburg, Germany; University of Santa Maria – Valparaiso, Chile; University of Pforzheim – Pforzheim, Germany; European Business School – Oestrich-Winkel, Germany.

Para citar as mudanças ocorridas em relação a 2001, a diretora cita a inclusão de palestrantes de empresas brasileiras, como Embraer, CPM, e outras, no currículo do curso, com o objetivo de mostrar aos alunos a história de sucesso destas empresas no mercado internacional.

Cita o lançamento do AIMS (Advanced International Management Seminars) em parceria com IBC para executivos de alto nível. “Esses seminários são desenhados para manter profissionais brasileiros e latino-americanos atualizados com as mais recentes teorias e melhores práticas, tendências e desenvolvimentos, bem como novas estratégias e conhecimentos”, comenta Anne. “Comprometidos em pesquisar e disseminar novos conhecimentos e perspectivas, até mesmo para os mais experientes executivos, nossos seminários evoluem da teoria para a prática.”

Outra mudança foi o lançamento do Pittsburgh Executive Series para a administração de negócios, em que professores da Universidade, pesquisadores e consultores, de várias nacionalidades que trabalham em outros lugares do mundo, vêm para palestras em São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba, Recife, Porto Alegre, Brasília e Belo Horizonte. “Os programas são personalizados para manter os profissionais atualizados sobre negócios, tendências, desenvolvimento e novas estratégias”, pondera. Os temas abordados serão as áreas de finanças, marketing, gestão tecnológica, recursos humanos, gerenciamento de custos e exportação. A Universidade ainda lançou o Pittsburgh Alumni Association do Brasil, para ex-alunos do programa.

“Este ano, temos 358 candidatos interessados em 30 vagas para o curso que vai começar no dia 15 de março. No ano passado, tivemos 220 candidatos interessados para o mesmo número de vagas. Por causa da alta do dólar, esperávamos uma queda na demanda, mas tivemos crescimento de 60% nesse período”, conclui Anne ao mencionar a demanda pelo curso.

Serviço:
Informações pelo telefone (011) 5180-3639, e-mail [email protected]
Rua Antônio das Chagas, 945, cj. 207 São Paulo.