Varejo cresce em fevereiro

0
14
Segundo o Índice Antecedente de Vendas, IAV-IDV, estudo realizado mensalmente pelo Instituto para Desenvolvimento do Varejo, fevereiro teve um crescimento de 7,5% em comparação com o mesmo mês do ano anterior e mostrou também aceleração em relação a janeiro de 2014, quando o indicador cresceu 6,8% nas vendas. As expectativas de vendas para este e os próximos dois meses também apontam alta de 4% em março em relação ao mesmo mês de 2013, em função do efeito calendário, 10,3% em abril e 10,5% em maio, na mesma comparação.
“Parte desta aceleração deve ser creditada ao efeito calendário, dada a diferença de três dias úteis entre fevereiro de 2013 (com carnaval) e 2014 (sem esta festividade), ou seja, um crescimento de 17% na quantidade de dias úteis, o que representaria 1,3 ponto percentual adicional neste crescimento de 7,5%”, analisa o presidente do IDV, Flávio Rocha.
O varejo de não-duráveis apresentou alta de 4,5% em fevereiro na comparação com o mesmo mês do ano anterior. Já a expectativa para março é de queda de 0,7%, basicamente pelo efeito Carnaval, e crescimentos expressivos em abril e maio, de 10,9% e 13,2%, respectivamente. Já o setor de bens semiduráveis apresentou o desempenho mais elevado no período. Os associados apontaram alta expressiva de 13,9% das vendas realizadas em fevereiro. Em relação aos próximos meses, a expectativa é de alta de 9,6% em março, 12,3% em abril e 12,8%, em maio.