Varejo inicia o ano aquecido

0
13
Seguindo a tendência do segundo semestre do ano passado, as vendas do varejo começam 2018 de forma positiva. Segundo o SpendingPulse, indicador de varejo da Mastercard, janeiro apresentou aumento de 3,6% nas vendas totais, excluindo as vendas de automóveis e materiais de construção, se comparado com o mesmo período de 2017. Em janeiro, cinco dos sete setores tiveram desempenho acima do esperando, sendo eles supermercado, material de construção, artigos farmacêuticos, móveis e artigos de uso pessoal. Enquanto vestuário e combustível ficaram abaixo.
De acordo com César Fukushima, economista-chefe da Mastercard Advisors no Brasil, o varejo vem apresentando perspectivas positivas desde julho de 2017, mantendo o saldo do mercado em inclinação ascendente. “Apesar de uma economia com vários desafios, o cenário varejista se mantém otimista, reflexo da queda na taxa de desemprego e, consequentemente, do aumento da confiança do consumidor”, ressalta.
O e-commerce segue em expansão, sendo novamente o destaque do mês com aumento considerável de 23%, quando comparado ao mesmo período do ano passado. No varejo online, os setores de hobby & livraria, eletrônicos e móveis tiveram desempenho superior à média do canal de distribuição, enquanto os setores de e artigos farmacêuticos e vestuários ficaram abaixo.