Vendas indiretas no país

0
18

Comprometida em oferecer o mais completo portfólio de produtos e serviços ao cliente, a Business Objects aposta no reforço da qualificação dos seus parceiros locais para promover novas oportunidades de negócios, trabalhando em total sincronia com o cronograma mundial de lançamentos da corporação. O objetivo da empresa, líder mundial no fornecimento de soluções de business intelligence, está expandindo a atuação dos canais de vendas indiretas no Brasil. Ela vem dando continuidade às mudanças estratégicas que vem implementando desde a compra, no ano passado, da Crystal Decisions, empresa especializada em soluções de relatórios corporativos, que elevou a companhia à liderança absoluta no segmento de Business Intelligence.
Com a entrada do executivo Ricardo Souza na gerência de canais, a Business Objects está definindo uma estrutura da área de canais e de alianças que reforce o desenvolvimento de novos negócios e amplie a receita de vendas indiretas no país. “Queremos otimizar as inúmeras oportunidades de vendas que a aquisição da Crystal nos trouxe, dentro e fora da base de clientes”, adianta. Ele destaca, ainda, a transparência da empresa ao anunciar um cronograma mundial de integração dos sistemas Business Objects e Crystal, que vem sendo mantido à risca, com previsão de lançamento do portfólio unificado de produtos no início de 2005.
A Business Objects conta com parceiros locais para a distribuição, revenda, treinamento e integração de sistemas, que somadas a atuação das alianças globais, como Accenture, Unisys e IBM , compõem o canal de vendas indiretas da companhia. Entre os parceiros locais, estão empresas como CastMeta, CPM, ETZ, Grupo Assa, LinkNet, NCT, Soft Consultoria, T-Systems, Unitech e YKP, que trabalham com um amplo leque de soluções corporativas, oferecendo desde ferramentas para relatórios corporativos a sistemas para complexos projetos de análise de informações. Ricardo Souza destaca a criação de centros de treinamentos certificados, reforçando o conhecimento técnico para otimizar o potencial de recursos fornecidos pelas soluções da Business Objects.