Você confia nas propagandas?

0
2



Levantamento realizado pela Nielsen com 26 mil pessoas de 47 países revela que os brasileiros estão entre os consumidores que mais acreditam em propagandas. Ao lado das Filipinas, o percentual de confiança atinge 67% (ou cerca de dois terços do total). Na seqüência, vêm o México, onde 66% dos consumidores acreditam nas propagandas, a África do Sul (64%) e Taiwan (63%). Por outro lado, os dinamarqueses (28%) e italianos (32%) são os que menos confiam nas propagandas.


Questionados sobre qual forma de propaganda é mais confiável, 78% dos entrevistados apontaram o tradicional boca-a-boca. Já 63% disseram ser os anúncios em jornais e 61%, as opiniões que os consumidores colocam on-line, em blogs e campos de comentários de sites. Na outra ponta, estão as propagandas em forma de textos por meio de celulares (18%) e os banners em páginas da Internet (26%). Os meios tradicionais, como propagandas na televisão (56%), em revistas (56%) e rádio (54%) ocupam posição intermediária.


Entre os consumidores brasileiros, 83% confiam nos anúncios de jornais e 81% no boca-a-boca. Já os anúncios em revistas são confiáveis para 80% dos entrevistados do nosso País e as newsletters de e-mails, para 79%. O rádio fica com 75% da confiança dos brasileiros; os anúncios em grandes portais e na televisão, com 74%; e os comentários de outros consumidores na Internet, com 55%.