Não tem volta!

Mais do que acelerar processo de transformação digital, crise impõe “novo normal”, pedindo urgência de mudança cultural, principalmente na visão cliente